PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mbappé assume responsabilidade dos pênaltis no PSG com Neymar e Cavani fora

Pascal Rossignol/Reuters
Imagem: Pascal Rossignol/Reuters

Do UOL, em São Paulo

02/03/2019 19h56

Kylian Mbappé anotou seu 29º gol da temporada neste sábado (2), em vitória de virada sobre o Caen, pelo Campeonato Francês. O primeiro gol anotado nesta tarde foi o segundo em cobrança de pênalti com a camisa do Paris Saint-Germain, mas o primeiro em que entrou em campo com a tarefa de ser o batedor oficial. A oportunidade de ser o batedor da equipe apareceu em sua segunda temporada, e em partida que não contou com os lesionados Neymar e Cavani.

As cobranças de pênaltis costumam ser pauta no PSG desde a chegada de Neymar ao clube de Paris. Em setembro de 2017, em duelo contra o Lyon, Neymar e Cavani discutiram sobre quem deveria bater um pênalti. Na ocasião, Cavani venceu a discussão e fez a cobrança, mas acabou desperdiçando-a.

Em janeiro deste ano, Mbappé marcou um gol de pênalti na vitória do PSG sobre o GSI Pontivy, pela Copa do França. Na ocasião, a partida já estava 2 a 0 a favor dos parisienses e a vaga praticamente garantida. Mbappé sofreu o pênalti e Neymar lhe deu a primazia da cobrança  

Neste sábado, sem Neymar e Cavani, Mbappé assumiu a responsabilidade. Com o time perdendo por 1 a 0, o atacante deslocou o goleiro do Caen para empatar o duelo. 

"É normal, há uma hierarquia a respeitar. Cheguei como um jovem jogador aqui, com duas estrelas (Neymar e Cavani). Eu estou trilhando meu caminho. Acho que vou assumir mais e mais a responsabilidade, estou pronto, não há problema", disse Mbappé em entrevista ao Canal +.

Atual cobrador oficial do PSG, o brasileiro Neymar se recupera de lesão sofrida no quinto metatarso do pé direito, em partida realizada no fim de janeiro, e não está à disposição do técnico Thomas Tuchel - na última sexta-feira (1), Neymar foi visto em Salvador aproveitando o Carnaval. 

O atacante brasileiro deve retornar a Paris a tempo de acompanhar o confronto contra o Manchester United, na quarta-feira (6), válido pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. No jogo de ida, os franceses venceram por 2 a 0. 

Outro responsável pelas cobranças de pênalti, o uruguaio Edinson Cavani sequer ficou no banco de reservas contra o Caen. O atacante se recupera de lesão no quadril e, mesmo treinando na última semana, ainda é dúvida para o duelo contra o Manchester United.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado anteriormente na nota, Mbappé já havia marcado um gol de pênalti pelo PSG. O erro foi corrigido.

Esporte