PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Na gringa: O sofrimento de Neymar e o "jeitinho" de Fàbregas e Puyol

Carles Puyol e Cesc Fàbregas, durante a cerimônia do prêmio Laureus - Reprodução
Carles Puyol e Cesc Fàbregas, durante a cerimônia do prêmio Laureus Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/02/2019 18h09

O noticiário europeu de hoje repercutiu a entrevista dada por Neymar à "Globo". Durante uma sessão de fisioterapia, o brasileiro afirmou ter chorado por dois dias quando fraturou o quinto metatarso do pé direito pela segunda vez.

Ainda na Europa, Fàbregas e Puyol mostraram que sempre se dá um jeito para acompanhar uma partida de futebol.

A frase: "Chorei por dois dias"

Neymar concede entrevista à "Globo" - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Neymar afirmou ter sofrido muito mais com a segunda lesão no quinto metatarso do pé direito do que com a primeira. Em entrevista à "Globo", o atacante do PSG disse ter chorado por dois dias quando soube da contusão.

"Acho que dessa vez foi até mais complicada que a primeira. A primeira quando machuquei falei: 'vamos lá, vamos operar, resolver logo isso'. Não teve essa de ficar triste. Mas dessa vez demorei para digerir mais. Fiquei uns dois dias chorando em casa", disse.

A polêmica: Chuva de bolas pretas na Alemanha

Jogadores recolhem bolinhas pretas arremessadas em jogo entre Borussia Dortmund e Nuremberg - TIMM SCHAMBERGER/AFP - TIMM SCHAMBERGER/AFP
Imagem: TIMM SCHAMBERGER/AFP

Bolas pretas foram atiradas em direção ao campo durante a partida entre Borussia Dortmund e Nuremberg. Os torcedores decidiram protestar da forma curiosa contra os jogos de segunda-feira no Campeonato Alemão. Sobrou para os jogadores retirarem os artefatos do gramado.

A "canelada": Espionagem de Bielsa rende multa salgada

O caso de espionagem criado pelo técnico Marcelo Bielsa resultou em uma multa salgada ao Leeds United. A Liga Inglesa de Futebol (EFL) decidiu punir o clube em 200 mil libras (cerca de R$ 1 milhão). Recentemente, o técnico argentino admitiu ter espionado seus adversários na segunda divisão do Campeonato Inglês.

A negociação: PSG deve fechar acordo milionário

Mbappé abriu o placar para o PSG contra o Saint-Étienne - JEFF PACHOUD/AFP - JEFF PACHOUD/AFP
Imagem: JEFF PACHOUD/AFP

O PSG está próximo de anunciar um acordo milionário de patrocínio máster, de acordo com o jornal "Le Parisien". Mesmo sem revelar o nome da marca que substituirá a Emirates no peito do clube francês, a publicação afirma que o valor será de 50 milhões de euros (R$ 210 milhões) por temporada aos cofres da equipe. A expectativa é que o substituto da Emirates seja anunciado até o final de março.

A publicação afirma que três marcas estariam entre as favoritas para estampar o peito do PSG: uma companhia aérea que não fosse a Qatar Airways, uma empresa do setor de eletrodomésticos ou um banco.

Na intimidade: O jeitinho para ver o jogo

Cesc Fàbregas e Carles Puyol arranjaram um jeito bem "gente como a gente" de acompanhar os jogos da Copa da Inglaterra durante o prêmio Laureus, considerado o Oscar do Esporte. A dupla colocou um celular em cima da mesa de jantar e se apertaram para acompanhar o duelo entre Chelsea e Manchester United, que terminou com vitória vermelha por 2 a 0.

Esporte