PUBLICIDADE
Topo

Athletico

Tiago Nunes testa 22 jogadores e quer 'dor de cabeça' para montar Athletico

Gabriel Machado/AGIF
Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

14/02/2019 12h17

O Athletico Paranaense levou a melhor no amistoso realizado na noite de ontem, na Arena da Baixada, com presença da torcida. Com gols do estreante Marco Rubén (de cabeça) e de Nikão (de falta), o time comandado por Tiago Nunes venceu os paraguaios do General Díaz por 2 a 1. O resultado ficou em segundo plano diante dos inúmeros testes feitos pelo treinador, que prepara a equipe principal para a estreia na temporada, marcada para o dia 5, pela Copa Libertadores.

LEIA MAIS

Durante os poucos mais de 90 minutos de jogo, Tiago Nunes usou praticamente todo elenco. Vinte e dois jogadores foram a campo, com destaques para o centroavante Marco Rúben, contratado recentemente do Rosário Central, da Argentina, e Bruno Guimarães - além de Nikão. Outros reforços contratados para 2019, Madson e Léo Cittadini também começaram jogando.

Porém, o treinador do Athletico deixou bem claro que ainda está longe de definir os 11 jogadores que iniciarão o duelo contra o Deportes Tolima, da Colômbia, pela Libertadores.

"Tem uma distância grande entre a teoria e a prática. As ações têm que andar de maneira paralela a nossa fala. Eu procuro dar todas as oportunidades possíveis e eles vão se escalando depois. Estamos tendo um tempo longo de preparação. Não vou definir a equipe até a semana da estreia. Sempre falo para darem o melhor, quero ter 'dor de cabeça' para escolher", disse.

Durante a entrevista coletiva, Tiago Nunes comentou a atuação da equipe e fez elogios ao novo centroavante da equipe.

"A equipe, de maneira geral, teve uma ótima atuação, colocou em prático tudo que treinamos. Logicamente tem circunstância que temos que melhorar, evoluir, e isso somente os jogos vão nos acrescentar. Então a gente tem uma amostragem bem grande de situações positivas e situações que a gente pode corrigir, e o Marco está inserido nesse processo todo, se adaptando ao futebol brasileiro, às nossas ideias, um atleta profissionalmente exemplar dentro do nosso contexto, nosso dia a dia, e tem a marca do atacante. Faz um gol no primeiro jogo; isso aí é presságio de situações muito boas que se aproximam, se Deus quiser", acrescentou.

Antes de entrar em campo pela Libertadores, o Athletico tem mais um amistoso programado: dia 20, quarta que vem, contra o Guaraní, outro time paraguaio, novamente na Arena da Baixada. Ainda existe a possibilidade de o time rubro-negro confirmar mais um jogo-treino até a estreia oficial na temporada. As datas mais prováveis são 26 e 27 de fevereiro.

Veja qual foi a escalação do Athletico no amistoso contra o General Díaz: Santos (Caio); Madson (Khellven), Thiago Heleno (Paulo André), Léo Pereira (Zé Ivaldo) e Márcio Azevedo (Renan Lodi); Wellington (Camacho), Bruno Guimarães (Erick) e Léo Cittadini (Tomas Andrade); Marcelo Cirino (Nikão), Rony (Gabriel Poveda) e Marco Ruben (Jaderson).

Athletico