PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Grohe passa por cirurgia e estreia no Al Ittihad depende de evolução

Goleiro ex-Grêmio foi operado em Madrid. Contrato na Arábia Saudita é longo - Divulgação/Al Ittihad
Goleiro ex-Grêmio foi operado em Madrid. Contrato na Arábia Saudita é longo Imagem: Divulgação/Al Ittihad

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

06/02/2019 17h49Atualizada em 07/02/2019 09h35

Marcelo Grohe, ex-Grêmio e agora no Al Ittihad, foi submetido a cirurgia no punho direito nesta quarta-feira (6). O procedimento ocorreu em Madrid e foi considerado um sucesso, de acordo com a equipe médica do clube saudita. A intervenção e o calendário devem fazer o camisa 1 voltar a atuar somente em agosto.

Grohe foi operado no Montepríncipe Universty Hospital, na capital espanhola, e o procedimento foi conduzido pelo médico Pedro J. Delgado, especialista em cirurgia ortopédica e traumatologia, considerado referência mundial em cirurgia de mão.

O UOL Esporte informou que Marcelo Grohe tinha grandes chances de encarar cirurgia nos próximos dias. Horas depois, o Al Ittihad publicou mensagem no Twitter informando do procedimento.

A cirurgia na mão direita foi para corrigir problema nos ligamentos. Marcelo Grohe teve lesão no local em jogo contra o River Plate, pela semifinal da Libertadores de 2018.

A atual temporada na Arábia Saudita termina em junho e a ideia do Al Ittihad é contar com Marcelo Grohe a partir do início de novos campeonatos.

Esse calendário diferente chegou a gerar boato nas redes sociais de que Grohe só voltaria a atuar em 2020 - pela tradução literal de recente entrevista de dirigentes sauditas prevendo uso do goleiro 'na próxima temporada'.

Grohe pode estar apto a voltar a jogar antes mesmo do fim da temporada, mas se for liberado depois de março pode esbarrar no prazo de inscrição. Por isso, o retorno ficaria adiado para agosto.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Al Ittihad contratou Grohe sabendo do período de recuperação maior em virtude da lesão no punho. Também houve fratura de costela, incidente superado por repouso de 40 dias.

Antes de assinar contrato, Marcelo Grohe passou por exame médico em um Centro Médico da Fifa, sediado em Dubai. Os testes confirmaram recuperação da fratura nas costelas e foram última etapa burocrática antes da assinatura de contrato de três anos e meio.

Herói do Grêmio ao longo das campanhas que culminaram com os títulos da Copa do Brasil, Libertadores e Recopa Sul-Americana, Grohe faz parte de uma política de futebol do Al Ittihad. O clube tem contratado jogadores com vínculos longos e salários altos com a missão de voltar a ganhar a Liga dos Campeões da Ásia.

A saída de Marcelo Grohe rendeu cerca de R$ 11 milhões aos cofres do Grêmio.

Futebol