PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Levir Culpi cobra definições sobre Elias e Luan no Atlético-MG

Luan, do Atlético-MG, deu três assistências na vitória sobre o Boa Esporte - Pedro Vale/AGIF
Luan, do Atlético-MG, deu três assistências na vitória sobre o Boa Esporte Imagem: Pedro Vale/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

21/01/2019 12h00

Titulares do Atlético-MG na estreia de 2019 - a vitória por 5 a 0 sobre o Boa Esporte -, Luan e Elias são cobiçados por Corinthians e Internacional, respectivamente. Levir Culpi, no entanto, não quer perder a dupla e pede à diretoria que ambas as negociações sejam finalizadas rapidamente.

Responsável por três assistências no primeiro jogo do ano, Luan recebeu oferta do Timão no início de dezembro e, desde então, aguarda uma definição entre paulistas e mineiros sobre o seu futuro. O Galo aceita colocar Ángel Romero na negociação pelo atacante de 28 anos. A situação, entretanto, segue indefinida.

Mesmo que o atleta já tenha esboçado o desejo de ir para o CT Joaquim Grava em 2019, Levir Culpi acredita que Luan fará falta ao time.

"O Luan é um cara muito querido pela torcida e por nós também. É um cara muito legal, mas as boas pessoas que acompanham a gente e dão bons resultados são procuradas por outras. Isso é uma coisa que ele tem que resolver com o clube. Conversei com o Luan e falei que é ele quem tem que administrar a carreira dele. Ele que sabe o que é bom para ele", comentou. 

"Está meio chatinho já. Tomara que resolva o mais rápido possível para ele seguir a vida. Aqui ou fora, de qualquer forma, ele já marcou um tempo legal aqui no Atlético. A gente gostaria de contar com ele. É um cara legal, já foi decisivo. Vamos torcer para que isso se resolva rapidamente para parar", acrescentou.

Elias, meio-campista do Atlético-MG, faz pose após entrevista com o UOL Esporte - Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação - Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação
Elias reforçou desejo de ficar no Atlético-MG
Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação

Não é só a situação de Luan que incomoda o técnico. Levir Culpi pede também que o clube solucione rapidamente o caso de Elias. Depois de pedir 2,5 milhões de euros (R$ 10,6 mi na cotação atual) para liberá-lo em definitivo, o Galo viu o Inter recuar no negócio.

Autor de um dos gols no triunfo desse domingo (20), o meio-campista de 33 anos já demonstrou o desejo de seguir em Belo Horizonte e de renovar o contrato, o qual se encerra no fim de 2019. A diretoria fala abertamente em estender o compromisso, mas ainda não procurou o estafe do volante.

Depois do jogo contra o Boa Esporte, Levir Culpi deixou clara a intenção de solucionar o caso do camisa 7.

"Temos problemas com outros jogadores do clube. Os caras querem o Elias. Só querem o Elias. Ele tem mais um ano de contrato com o Atlético. Só porque querem o Elias, eles levam o Elias? Por isso, as negociações às vezes não acontecem. Alguns jogadores, às vezes, perdem a estabilidade. Felizmente, não é o caso do Luan e nem do Elias. Veja a atuação deles hoje", afirmou.

Futebol