PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Acordo Corinthians-BMG prevê ações conjuntas e participação nos lucros

Arthur Sandes e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

18/01/2019 04h00

O banco BMG promete estabelecer com o Corinthians uma situação incomum para acordos publicitários no futebol. O novo patrocinador máster, que agora estampa a camisa alvinegra, pretende lançar produtos e serviços em parceria com o clube e pagar uma participação sobre os lucros baseado nos lucros que obtiver.

O acerto prevê uma remuneração básica e uma espécie de bônus a depender do sucesso da parceria. Quem explica o acerto é Fabio Trubilhano, diretor jurídico do Corinthians. "O contrato consolida uma parceria segura, rentável e moderna, que possui mecanismos de proteção para as partes e contempla uma renda mínima ao Corinthians", diz Trubilhano. Esta quantia, continua o diretor, "será complementada pela participação no resultado de produtos financeiros que serão desenvolvidos e fornecidos pelo BMG em parceria com o clube".

Tal modelo de remuneração é conhecido no meio financeiro como "profit sharing", uma participação nos lucros. Não é à toa, portanto, que o patrocínio tem instigado cada vez mais torcedores a se envolverem com o BMG. No pronunciamento que oficializou o negócio, o executivo Marcio Alaor pediu aos corintianos que vistam a camisa do banco. "O Corinthians vai ganhar também. Se os torcedores abrirem conta conosco, aplicarem conosco e aderirem a produtos, isso com certeza terá retorno para o clube", disse.

O apelo de fato faz sentido, pois cada produto disponibilizado pela parceria alimenta a participação do clube nos lucros do banco. De um lado, o BMG passa a ter maior acesso e a preferência de um público-alvo estimado de 30 milhões de pessoas; de outro o Corinthians passa a lucrar em uma fonte de renda até então inexplorada. "Temos expectativas de que essa parceria alcance a maior renda do Brasil nessa modalidade de negócio", projeta Fabio Trubilhano.

Está marcada para esta terça-feira (22) uma entrevista coletiva na qual o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, e representantes do BMG devem dar detalhes sobre o acordo. Os valores envolvidos ainda são mantidos em sigilo, assim como o tempo de contrato, mas a marca já aparece no uniforme alvinegro: na última quinta-feira (17), o zagueiro Manoel "estreou" o patrocínio ao ser apresentado no CT Joaquim Grava.

Esporte