PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vizeu diz que 'bateu pé' para fechar com Grêmio e Renato influenciou

Do UOL, em Porto Alegre

15/01/2019 13h39

Felipe Vizeu fez questão de jogar no Grêmio em 2019. Apresentado nesta terça-feira (15), o centroavante afirmou que insistiu pela liberação ao clube gaúcho. A negociação entre gremistas e a Udinese foi arrastada, mas terminou com final feliz também pela influência da figura de Renato Gaúcho.

Renato foi citado como um dos argumentos de Vizeu para voltar ao Brasil e jogar em Porto Alegre.

Aos 21 anos, o atacante disputará posição com André e Jael ao longo do ano.

"Sabia que ia ficar no Brasil uma semana e quando estava aqui, surgiu a oportunidade de vir para o Grêmio. Deu tudo certo? São meus representantes que cuidam da minha carreira e nesse caso, achei que era o melhor. Quando surgiu isso, bati o pé e falei que queria vir para cá", disse Felipe Vizeu.

Na chegada a Porto Alegre, o centroavante já sabe o número que vai usar e a escolha evita disputa com Jael e André. O primeiro usa a 9 e o segundo adotou a 90 ano passado.

"Eu cheguei agora, preciso que ter respeito por todos. Não é por ser centroavante que preciso jogar com a nove. A gente sabe que Jael é Jael. Eu vou escolher o número 47, revelou. "Me identifico muito com esse número. Fui campeão da 47ª Copa São Paulo. Na Udinese joguei com a nove, mas independente do número vou me dedicar para fazer gols e ganhar títulos", completou Vizeu.

Renato pesou na decisão

A saída por empréstimo, fazendo o caminho Itália-Brasil, até poderia ter outro clube como destino. Mas Felipe Vizeu afirmou que a presença de Renato Gaúcho no Grêmio pesou.

"Sem dúvidas ele me convenceu a vir para cá. É um ídolo, um gênio. Pela posição que jogava, pelos gols que fez, me ajudou a vir para cá", comentou o atacante, que não teve contato com o treinador durante as negociações.

Antes de Felipe Vizeu, o Grêmio contratou três reforços. Julio Cesar, goleiro ex-Fluminense, Rômulo, volante emprestado pelo Flamengo e Walter Montoya, cedido pelo Cruz Azul-MEX.

Vizeu chega com apoio da torcida gremista

bandrs

Futebol