PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Pai de Falcao García morre aos 61 anos após passar mal em jogo de tênis

Do UOL, em São Paulo

04/01/2019 09h31

Morreu nesta quinta-feira (3) o ex-jogador colombiano Radamel García King, pai do atacante Radamel Falcao García. Aos 61 anos, ele sofreu um infarto fulminante enquanto jogava tênis, segundo a imprensa colombiana.

De acordo com o site da Caracol Televisión, García King passou mal e desmaiou na quadra onde estava, na cidade de Santa Marta. Socorrido, foi levado a uma clínica, mas chegou ao local já sem sinais vitais. Os médicos ainda realizaram manobras de reanimação cardiorrespiratória, mas sem sucesso.

Nascido em 16 de abril de 1957 na própria cidade de Santa Marta, Radamel García King atuou como zagueiro de equipes da Colômbia e da Venezuela entre as décadas de 1970 e 1990. Revelado pelo Santa Fe, onde atuou entre 1977 e 1982, passou ainda por clubes como Unión Magdalena, Bucaramanga, Tolima e Independiente Medellín.

Em 1980, defendeu a seleção colombiana nos Jogos Olímpicos disputados em Moscou. No começo da década de 1990, jogou no Deportivo Táchira, onde se aposentou em 1991.

Casado com Carmenza Zárate, Radamel García teve três filhos: Radamel Falcao, Michelle e Melanie. O Monaco, clube no qual o filho do ex-zagueiro atua, publicou nesta sexta-feira (4) uma nota de condolências nas redes sociais.

?O Monaco oferece suas mais profundas condolências a Radamel Falcao diante do falecimento prematuro de seu pai, Radamel García King?, publicou o clube com uma foto de pai e filho.

A Federação Colombiana de Futebol também se manifestou, com especial atenção a Falcao García. ?Enviamos uma mensagem de solidariedade e força para ele e para toda sua família?, escreveu.

Futebol