PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Inter planeja inscrever Guerrero na Libertadores mesmo com punição

Peruano estará na relação enviada à Conmebol, mas só pode jogar no fim da fase de grupos - Ricardo Duarte/Inter
Peruano estará na relação enviada à Conmebol, mas só pode jogar no fim da fase de grupos Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

20/12/2018 04h00

O Internacional planeja inscrever Paolo Guerrero na fase de grupos da Libertadores 2019, mesmo em caso de suspensão mantida. O centroavante segue afastado após exame antidoping e, no cenário atual, só terá condições de jogo ao final de abril. Assim, a estreia só deve ocorrer na reta final da disputa dentro do grupo A do torneio.

Guerrero tem contrato ativo no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e, assim, pode constar na lista de inscritos do clube gaúcho. A condição de jogo só virá depois de 23 de abril.

A chave A da Libertadores é formada por River Plate, Inter, Alianza Lima e adversário ainda indefinido. O São Paulo pode completar o grupo.

A inscrição de Guerrero visa justamente as últimas partidas da fase de grupos. A ironia é que o centroavante pode assinar súmula, ficar no banco e eventualmente atuar justamente contra o Alianza Lima. Foi no clube peruano que o jogador fez sua formação antes ir à Europa. O Inter encerra a participação na fase de grupos contra o River Plate, em Porto Alegre, no dia 7 de maio. Neste jogo, o uso do atacante é bem mais provável.

O código da WADA (Agência Mundial Antidoping) não restringe inscrição de atletas suspensos. O artigo 10.12 ainda versa sobre o retorno aos treinos, algo que no caso de Paolo Guerrero deve ocorrer no final de fevereiro.

Paolo Guerrero, contudo, ainda tem esperança de ser liberado antes de abril. Os advogados do jogador aguardam análise de recurso que pede a nulidade da decisão do CAS (Corte Arbitral do Esporte), da Suíça. O argumento é que o hotel, onde foi coletada amostra que indicou uso de substância proibida, prestou falsas informações ao processo.

Esporte