PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem Réver e disposto a liberar Rhodolfo, Fla irá ao mercado por zagueiros

Rhodolfo comemora gol do Flamengo; zagueiro não deve continuar no clube - André Mourão/AGIF
Rhodolfo comemora gol do Flamengo; zagueiro não deve continuar no clube Imagem: André Mourão/AGIF

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/12/2018 04h00

O Flamengo terá uma zaga reformulada em 2019. Se Réver está perto do Atlético-MG, outro defensor integra a lista para deixar o elenco. Trata-se de Rhodolfo, que não faz parte dos planos da nova direção para a temporada. 

A exemplo de Réver, o zagueiro também tem contrato até 31 de dezembro de 2019. Aos 32 anos, ele defendeu o clube em 46 jogos e fez três gols. A diretoria está disposta a liberá-lo e aguarda propostas para encontrar a melhor solução.

Ao mesmo tempo, o movimento faz com que o Flamengo intensifique a busca por zagueiros no mercado. Um deles, obrigatoriamente, será mais experiente e deve atuar como um comandante do setor. Até dois atletas da posição devem ser contratados.

Depois da confirmação das saídas, o Rubro-negro iniciará a temporada com dois zagueiros jovens no elenco: Léo Duarte e Thuler. O veterano Juan também está no grupo, mas apenas para a parte final da recuperação de cirurgia no Tendão de Aquiles e um jogo de despedida antes da aposentadoria.

A ideia de reformular a zaga já estava na cabeça dos dirigentes escolhidos pelo presidente Rodolfo Landim. Eles acreditam que duas novas peças podem capacitar o elenco junto aos jovens Léo Duarte e Thuler. A dupla viveu bom momento durante o Campeonato Brasileiro, principalmente antes da pausa para a Copa do Mundo, quando atuou por algumas partidas no time titular.

Embora as movimentações de mercado estejam em curso, a tendência é a de que todas as negociações sejam aceleradas a partir da próxima quarta-feira (19), quando Landim tomará posse como presidente do Flamengo para os próximos três anos.

Futebol