PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coritiba programa manutenção de Wilson e cobrará multa para liberação

Wilson pelo Coritiba: liderança valorizada com "esforço financeiro" - REINALDO REGINATO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Wilson pelo Coritiba: liderança valorizada com "esforço financeiro" Imagem: REINALDO REGINATO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

10/12/2018 08h41

O Coritiba pretende segurar o goleiro Wilson no elenco para 2019. A despeito das declarações anteriores do presidente Samir Namur, de que os salários do jogador - algo na casa dos R$ 150 mil - seriam um problema para manter o atleta no elenco e o clube tentaria renegociar valores ou até o liberar, a diretoria mudou de posição e agora considera que a manutenção de Wilson é um esforço financeiro válido, pela liderança que exerce.

Wilson tem 34 anos e chegou ao Coxa em 2015. De lá para cá, fez 191 jogos. Mesmo atuando no gol, marcou 8 gols com a camisa coxa-branca. Nos bastidores, comenta-se de um interesse do Goiás no atleta. O UOL Esporte procurou o gerente de futebol do Esmeraldino, Tulio Lustosa, que não quis comentar o assunto: "Tudo o que eu posso dizer é que eu acho o Wilson um grande goleiro. Ele tem um ótimo contrato no Coritiba", resumiu. 

A multa por Wilson não foi revelada. A reportagem também procurou o Coritiba, que não quer tratar do assunto publicamente. Com uma redução drástica de orçamento entre as temporadas, o Coxa já iniciou a reformulação do elenco. Ainda assim, como o contrato do goleiro vai até o final de 2020, a diretoria alviverde aguarda normalmente a reapresentação do jogador no início de janeiro. 

Futebol