PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sem aval de Jair para ficar como auxiliar, Loss seguirá treinos de Simeone

Loss deixou comando técnico do Corinthians no começo de setembro - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Loss deixou comando técnico do Corinthians no começo de setembro Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

28/09/2018 04h00

Depois de ser retirado do comando técnico do Corinthians e receber férias de cerca de 40 dias, Osmar Loss viaja para a Europa nesta sexta-feira (28) para dar início a um período de reciclagem. Com o futuro ainda em aberto, ele passará por alguns países europeus e terá foco no Atlético de Madri de Diego Simeone.

Inicialmente, o Corinthians anunciou que Loss seguiria na comissão técnica como auxiliar de Jair Ventura. Após alguns dias de convivência, porém, direção e Jair concluíram que os ajudantes do treinador seriam somente Emílio Faro, levado por ele ao clube, além de Fabinho e Coelho, que já faziam parte da comissão técnica fixa.

A decisão passou pela vontade de Ventura, que não se mostrou confortável com a presença do antecessor. Para ganhar tempo e ajudar na qualificação profissional de Osmar, a viagem à Europa foi a melhor solução encontrada.

Embora tenha um projeto desenhado de time sub-23 para o ano que vem, a presença de Loss nessa nova etapa ainda não é uma certeza para o Corinthians e nem para o próprio treinador. As partes devem conversar no início de novembro para definir a sequência profissional.

A relação de confiança com o presidente Andrés Sanchez é um trunfo importante para Osmar. Foi ele quem desenhou um projeto, há anos, para que o treinador chegasse ao profissional, e a aposta é de que Loss possa ainda ter uma nova oportunidade no futuro. Em 1999, Oswaldo de Oliveira foi efetivado no Corinthians, não agradou e, após um período como auxiliar, retornou ao cargo e foi campeão brasileiro e do Mundial de Clubes.

Com o apoio do Corinthians e também da CBF, onde tem amigos e já atuou como auxiliar, Loss ainda define os detalhes de sua viagem para a Europa, mas parte de São Paulo para Madri nesta sexta. Ele conhecerá diversos departamentos do Atlético e acompanhará alguns treinamentos de Diego Simeone, uma das referências atuais do futebol mundial, principalmente, em organização defensiva. Em momentos de folga, Osmar também fará visitas ao Real Madrid.

A viagem de Loss ainda seguirá a Portugal, com encontros com pensadores da literatura local sobre futebol. O país europeu que mais revela treinadores nos últimos 15 anos também é referência mundial em aspectos teóricos do jogo. Visitas a clubes da Alemanha, Itália e França ainda são possibilidades avaliadas na agenda do técnico.

Esporte