PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com pressa, Santos aguarda chegada de todos os gringos neste fim de semana

Derlis González, paraguaio que pertence ao Dínamo de Kiev, chegou nesta sexta-feira - Fernando Bizerra Jr. / EFE
Derlis González, paraguaio que pertence ao Dínamo de Kiev, chegou nesta sexta-feira Imagem: Fernando Bizerra Jr. / EFE

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

21/07/2018 04h00

Diretoria e comissão técnica do Santos estão com pressa para ver o time reforçado em campo. Por conta disso, eles pediram a antecipação da apresentação de todos os gringos contratados até o momento: o costa-riquenho Bryan Ruiz, o uruguaio Carlos Sánchez e o paraguaio Derlis González.

Bryan Ruiz, que encerrou seu vínculo com o Sporting, de Portugal, e Sánchez, que estava no Monterrey, do México, prometeram chegar ao Brasil somente na próxima semana, pois precisavam de descanso por conta da disputa da Copa do Mundo, da Rússia.

No entanto, a cúpula santista pediu para que os dois iniciassem os trabalhos neste fim de semana. Diferente do costa-riquenho, Sánchez ainda realizará uma bateria de exames antes de assinar contrato por três temporadas.

Bryan Ruiz, por sua vez, já realizou exames e assinou até o fim de 2020. A ideia de diretoria e comissão técnica é correr contra o tempo para condicioná-lo já para o confronto com o Flamengo, quarta-feira (dia 25), pela 15ª rodada. O clube ainda terá que acelerar a questão do visto trabalhista e de seu registro.

A projeção inicial do Santos era contar com o novo reforço somente diante do América-MG, no próximo dia 29, pela 16ª rodada. A urgência em tentar utilizar Ruiz o quanto antes se dá pela visível dificuldade do Santos no setor.

Enquanto espera Bryan Ruiz e Sánchez entre sábado e domingo, os santistas já receberam Derlis González. O paraguaio chegou ao Brasil nesta sexta-feira e deve realizar exames médicos e assinar contrato até a próxima segunda-feira.

O atacante pertence ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e foi contratado em uma troca envolvendo o meia Vitor Bueno por empréstimo de uma temporada. O meia, inclusive, já se despediu de seus companheiros nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé. Derlis foi indicado pelo diretor de futebol executivo do clube, Ricardo Gomes. Interessado no paraguaio, o Santos disponibilizou uma lista de atletas ao clube ucraniano, que escolheu Vitor Bueno.

Chegada do “quarto gringo” está mais difícil

Joaquin Ardaíz, do Royal Antuérpia - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O Santos ainda sonha com a chegada de um quarto gringo para reforçar o elenco para a disputa do segundo semestre de 2018. Trata-se de Joaquin Ardaíz. Para isso, o presidente José Carlos Peres e companhia aumentaram a oferta pelo atacante de 19 anos que pertence El Tanque Sisley-URU.

Os santistas ofereceram US$ 1,5 milhão (R$ 5,8 milhões), mas os uruguaios insistem na pedida de US$ 3 milhões (R$ 11 milhões) para liberar o jogador que estava emprestado ao Antuérpia, Bélgica.

Ardaíz virou a única opção após o clube paulista perder outros jogadores para os concorrentes: casos do argentino Franco Di Santo, do Schalke-ALE, o uruguaio Jonathan Álvez, emprestado do Junior Barranquilla-COL ao Internacional, além de Hernán Barcos, que acertou com o Cruzeiro, e o colombiano Uribe, que fechou com o Flamengo.

Esporte