PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com mais cartões que gols, Lucas Lima vai levar nova bronca de Levir

Camisa 10 levou onze cartões amarelos e só marcou dois gols em 2017 - Divulgação/SantosFC
Camisa 10 levou onze cartões amarelos e só marcou dois gols em 2017 Imagem: Divulgação/SantosFC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

30/08/2017 04h00

O meia Lucas Lima entrou na mira do técnico Levir Culpi por conta de sua indisciplina dentro dos jogos. A comissão técnica do Santos avaliou que o jogador reclama muito com a arbitragem e, por isso, recebe cartões amarelos que poderiam ser evitados. O treinador, que já deu uma bronca no camisa 10 recentemente após ele esbravejar ao ser substituído, promete outra conversa com o atleta.

O número de cartões amarelos do “maestro santista” é considerado exagerado para comissão técnica e diretoria. Lucas Lima já foi advertido 11 vezes nesta temporada, sendo quatro nos últimos seis jogos.

Os cartões superam com facilidade os gols marcados pelo jogador. Em 2017, ele só balançou as redes em duas oportunidades. As advertências ainda chegam perto do número de assistências de Lucas Lima na temporada, o seu principal papel dentro da equipe santista.

São onze cartões contra 15 passes para gols em jogos oficiais do Santos nesta temporada. O excesso requer um cuidado extra. No último fim de semana, por exemplo, o jogador atuou “pendurado” contra o Cruzeiro e foi orientado por Levir Culpi a tomar cuidado com um eventual terceiro cartão amarelo. O treinador não queria perder o camisa 10 para o clássico contra o Corinthians no próximo dia 10, na Vila Belmiro.

Os cartões de Lucas Lima atrapalham os planos de Levir Culpi durante os jogos, já que hoje o treinador não tem um substituto à altura para ele no elenco. Vitor Bueno, que poderia ocupar a função, sofreu lesão ligamentar no joelho e só retorna aos gramados em 2018.

No último jogo em que Lucas Lima esteve suspenso, Levir Culpi utilizou Jean Mota na armação das jogadas. Na ocasião, o Santos quase não criou jogadas para os atacantes e empatou sem gols com o Avaí, na Ressacada, pela 19ª rodada do Brasileiro. Quando voltou ao time, o camisa 10 levou mais dois amarelos em duas rodadas (contra Fluminense e Coritiba) e ficou “pendurado” contra o Cruzeiro.

Lucas Lima sofreu queda após “história do Barça”

O meia Lucas Lima caiu de rendimento após vazar uma suposta negociação entre ele e o Barcelona, da Espanha, em junho deste ano. Até ali, ele caminhava para um dos principais anos de sua carreira, mas depois da confusão seus números despencaram e o atleta tem feito apresentações apagadas com a camisa do Santos. 

Foram 20 jogos, 12 assistências e dois gols marcados antes que o “caso Barcelona” ganhasse repercussão mundial. Na ocasião, alguns veículos publicaram sobre um suposto acerto entre o meia e o clube catalão e Lucas Lima chegou a falar que iria para a Espanha em uma roda de pôquer em Santos. O clube da Vila Belmiro chegou a notificar os espanhois e dizer que tinha provas do assédio ao seu camisa 10.

Disputa jurídica à parte, Lucas Lima caiu em campo. De junho para cá, o meia disputou 14 jogos, não marcou nenhum gol e só deu quatro assistências.

Futebol