PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Real Madrid recorre a tribunal espanhol para diminuir pena de C. Ronaldo

Do UOL, em São Paulo

17/08/2017 17h12

O Real Madrid vai recorrer ao Tribunal Administrativo do Esporte (TAD, na sigla em espanhol), a última instância da justiça esportiva espanhola, para tentar diminuir a suspensão de cinco partidas imposta ao atacante Cristiano Ronaldo pela federação de futebol do país.

O jogador português foi expulso no jogo de ida da Supercopa da Espanha, em que o Real venceu o Barcelona por 3 a 1. No entendimento do árbitro, ele tentou simular um pênalti e, por isso, levou o segundo cartão amarelo. Irritado, CR7 empurrou o juiz após receber o vermelho.

A federação espanhola condenou o atleta a cinco jogos de gancho - um pela expulsão e quatro por agredir o árbitro. O argumento do Real Madrid é que o empurrão de Cristiano não configurou uma agressão, e sim um "menosprezo", infração menor que acarretaria uma suspensão de dois a três jogos.

A primeira partida da punição já foi cumprida no jogo de volta da Supercopa da Espanha, em que o Real Madrid voltou a bater o Barça, desta vez por 2 a 0, para ficar com o título. O TAD é a última instância à que o clube poderá recorrer antes de apelar ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), a entidade máxima da justiça esportiva no mundo.

Futebol