PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-PR e Coritiba recusam ofertas e buscam verba em transmissão na web

Cleber Yamaguchi/AGIF
Imagem: Cleber Yamaguchi/AGIF

Do UOL, em São Paulo

25/04/2017 19h47

As finais do Campeonato Paranaense serão transmitidas na web, mas Atlético-PR e Coritiba ainda estudam a melhor maneira de rentabilizar e ao mesmo tempo conseguir adesão de público nacional. Os jogos serão exibidos no YouTube e no Facebook nos dois próximos domingos, às 16h, mesmo horário de muitas finais pelo país.

Os clubes têm na mesa uma proposta de exclusividade de transmissão apenas pelo Facebook, mas o valor não atingiu o esperado. O Atlético-PR quer cobrar pelo acesso individual como forma de lançamento da sua plataforma, a CAP Play. O sistema está em testes e é possível que não se consiga colocá-lo em prática a tempo. De acordo com informações obtidas pela reportagem,  a gestão das vendas poderia ser feita pelo próprio Facebook, mas a rede social negou em contato com o UOL.

"Trabalhamos com os times para alcançar novas audiências no Facebook. Experiências iniciais com eventos esportivos na plataforma têm trazido grandes resultados para os fãs, radiodifusores e detentores de direitos. Estamos animados para continuar explorando novas parcerias no Brasil. O Facebook não cobra pelo acesso das pessoas ao conteúdo na plataforma", informou o Facebook, via assessoria de imprensa.

A ideia do Atlético-PR, no entanto, não seduz tanto o Coritiba, que prefere levar ao mercado a ideia de custear a transmissão e conseguir vender as propriedades do jogo, como placas de publicidade e efeitos gráficos na tela. Isso ainda está na mesa de discussões.

Já não se discute mais o suporte para a transmissão. O canal Esporte Interativo se dispôs a ceder toda a infraestrutura para o jogo, com câmeras, caminhão de transmissão e até mesmo a equipe, única pendência. Os clubes recusaram propostas de canais locais de Curitiba para a exibição do jogo após uma rodada de conversas entre as partes. A razão é tentar fortalecer a produção própria, contando também que os valores que foram ofertados eram menores ainda do que os iniciais pelo campeonato, oferecidos pela representante da Globo no Paraná.

Futebol