PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão feminino começa com renda negativa até com Fla e Corinthians

Flamengo venceu o Vitória por 3 a 0 - Reprodução/Instagram
Flamengo venceu o Vitória por 3 a 0 Imagem: Reprodução/Instagram

Leandro Carneiro

Do UOL, em São Paulo

13/03/2017 17h15

O Campeonato Brasileiro de futebol feminino começou neste fim de semana. E o que prevaleceu nos estádios foi pouco clube. Para piorar, os duelos tiveram rendas negativas.

Duelos que contaram com Flamengo e Corinthians, as duas maiores torcidas do país de acordo com o Datafolha, tiveram menos de mil pessoas no estádio e os mandantes tiveram prejuízo com o duelo.

A partida inaugural do torneio aconteceu no Barradão, em Salvador, entre Vitória e Flamengo. 420 ingressos foram vendidos e o prejuízo foi de R$ 5,3 mil.

Já o Corinthians duelou contra o São Francisco no estádio Junqueira Ayres, em São Francisco do Conde. Foram 125 pessoas na arquibancada para uma renda de R$ 575. Com todos os pagamentos do time mandante, que inclui arbitragem, o prejuízo foi de R$ 4,1 mil.

Outro jogo dar prejuízo foi em Caçador, Santa Catarina. Kindermann e Iranduba se enfrentaram com um público de 287 pessoas. A renda foi negativa de R$ 2,4 mil.

Vale lembrar que todas as partidas foram disputadas à tarde. Ou seja, nenhuma delas contou com gastos de iluminação artificial, o que aumentaria os gastos.

A rodada do domingo ainda contou com os jogos entre Grêmio x Vitória-PE, Audax x Sport, São José x Ponte Preta e Ferroviária x Rio Preto. Os boletins financeiros dos jogos não foram disponibilizados pela CBF em seu site.

Futebol