PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após adversário sofrer ameaças, Moisés diz que não compactua com violência

Reprodução Moisés Instagram 2 - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

20/02/2017 13h38

Após o volante da Linense Zé Antonio revelar que foi ameaçado por torcedores palmeirenses, o meio-campista Moisés escreveu uma mensagem no Instagram dizendo que não compactua com a violência e quer apenas manifestações positivas para a recuperação de sua lesão. Por conta de um lance com o adversário do jogo de domingo, o jogador palmeirense sofreu dois rompimentos de ligamentos no cruzado anterior e no colateral medial e precisará ficar até seis meses afastado dos gramados.

"Olá pessoal! Gostaria de dizer a vocês que não compactuo com a violência e ficarei muito feliz e agradecido se cada um que sentiu a minha dor e torce por mim usar suas energias em manifestações positivas e orações para que eu me recupere o quanto antes", escreveu.

Durante a madrugada, Moisés escreveu uma mensagem no Instagram na qual se referia a Zé Antonio como "agressor" e lamentava a falta de desculpas por parte dele. Em entrevista ao UOL Esporte, o jogador da Linense contou que recebeu ameaça de torcedores palmeirenses por causa do lance e não tinha pedido desculpas ainda por falta de oportunidade.

A lesão de Moisés acabou sendo o ponto negativo para o Palmeiras na vitória por 4 a 0 sobre a Linense, a segunda consecutiva no Campeonato Paulista. Com o tempo longo de recuperação estimado, o atacante Miguel Borja deve ser inscrito na competição em seu lugar. 

Futebol