PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-jogador do United é barrado nos EUA por ter carimbo do Irã no passaporte

AFP PHOTO ADRIAN DENNIS
Imagem: AFP PHOTO ADRIAN DENNIS

Do UOL, em São Paulo

17/02/2017 10h36

O atacante Dwight Yorke, que fez sucesso com o Manchester United na década de 90, foi impedido de entrar nos Estados Unidos para um voo de conexão para a Inglaterra pro ter um carimbo do Irã em seu passaporte.

Foi isso que noticiou Ricard Keys, apresentador do canal Bein Sports, em sua conta no Twitter.

Muito bem @realDonald, Dwight Yorke, embaixador do Man U teve negado seu acesso de trânsito em Miami porque ele tem um carimbo iraniano no passaporte.

Yorke, natural de Trinidad e Tobago, era um dos convidados para participar da transmissão na Inglaterra do duelo entre Manchester United e Saint-Etienne pela Liga Europa.

Há alguma semanas, o presidente Donald Trump emitiu um decreto impedindo a entrada  no país de cidadãos originários de sete países de maioria islâmica, incluindo o Irã. O veto acabou derrubado pela Justiça.

Entretanto, nada foi especificado de pessoas com carimbos destes países em seus passaportes.  

 

Futebol