Topo

Futebol


Prefeitura do Rio cancela cessão de terrenos para CTs de Botafogo e Vasco

Vitor Silva/SS Press e Site oficial do Vasco
Imagem: Vitor Silva/SS Press e Site oficial do Vasco

Vinicius Castro e Vinicius Konchinski

Do UOL, no Rio de Janeiro

30/12/2016 12h53

Botafogo e Vasco perderam os terrenos cedidos pela Prefeitura do Rio de Janeiro para a construção dos respectivos CTs em Vargem Grande, zona oeste da cidade. A decisão de cancelar a concessão foi publicada nesta sexta-feira (30) no Diário Oficial do Município. O processo estava em andamento na Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas desde 2015, já que os clubes não apresentaram o cronograma das obras.

As áreas foram cedidas em abril de 2013 pela Prefeitura por 50 anos (renováveis por mais 50) com a contrapartida de que os centros de treinamento deveriam ficar prontos para as Olimpíadas, quando seriam usados como locais de treinos para as delegações estrangeiras.

Reprodução
Imagem: Reprodução
Os clubes enfrentaram problemas na questão financeira e esperaram um aporte do município. Botafogo e Vasco também reclamaram que os terrenos cedidos eram pantanosos, fato que exigia um aterramento antes da construção. Essa parte da operação foi orçada em torno dos R$ 10 milhões.

O Cruzmaltino decidiu investir em São Januário com apoio da Ambev, enquanto o Alvinegro segue os trabalhos do elenco no Engenhão e na sede de General Severiano. Apenas o Fluminense deu seguimento ao terreno cedido pela Prefeitura. Boa parte do CT Pedro Antônio foi construída e o Tricolor realiza as atividades no local. A sede de Laranjeiras será cada vez menos utilizada após o avanço estrutural.

Dos quatro grandes do Rio de Janeiro, o Flamengo é o que mais avançou no que diz respeito ao CT. O clube inaugurou recentemente o módulo profissional do centro de treinamento Ninho do Urubu. O investimento de R$ 15 milhões transformou o espaço em um dos mais modernos do segmento no país. A estrutura, inclusive, receberá a pré-temporada do Rubro-negro em 2017.

Futebol