Topo

Futebol


SP diz que anúncio de aposentadoria de Ceni foi "erro absurdo" da Penalty

30.out.2014 - Rogério Ceni falha no chute de Miller Bolaños, do Emelec, e vê a bola entrar no gol - RICARDO TRIDA/DIÁRIO DO GDE ABC/ESTADÃO CONTEÚDO
30.out.2014 - Rogério Ceni falha no chute de Miller Bolaños, do Emelec, e vê a bola entrar no gol Imagem: RICARDO TRIDA/DIÁRIO DO GDE ABC/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

19/11/2014 18h04Atualizada em 19/11/2014 22h03

A Penalty distribuiu nesta quarta-feira um convite para um evento em que Rogério Ceni mostraria a camiseta produzida pela empresa para marcar o fim de sua carreira. No texto do convite, a patrocinadora do São Paulo disse que o goleiro iria anunciar, na próxima terça-feira, sua aposentadoria.

As palavras foram vistas com surpresa no São Paulo e estremeceram ainda mais a relação do clube com seu fornecedor de material esportivo. Rogério Ceni ficou irritado com o anúncio da empresa.

O goleiro tem evitado dar declarações definitivas sobre sua aposentadoria. Questionado diversas vezes sobre a campanha para que ele jogue a Libertadores do ano que vem, ele sempre dá respostas evasivas e diz estar focado em ganhar um título no fim de 2014.

O goleiro ficou surpreso e não gostou da antecipação da empresa. A reportagem apurou que, para Rogério, o evento da próxima semana seria apenas uma entrevista coletiva protocolar para apresentar a camisa especial, e não o anúncio de sua aposentadoria. O produto já está em pré-venda desde o dia 8 de novembro.

O evento de apresentação da camisa estava programado para acontecer na última terça, mas foi adiado para a semana que vem por causa da viagem do time à Colômbia.

Agora, dentro do clube, já se fala que o evento deve ser cancelado. O vice-presidente de marketing do São Paulo disse que a Penalty cometeu um erro absurdo ao fazer o anúncio.

A polêmica é abala um pouco mais a relação entre clube e fornecedora. O São Paulo tem reclamado de atrasos no pagamento do patrocínio e mantém conversas com outras empresas do ramo para mudar de marca. O contrato atual com a Pênalty vai até 2015.

O São Paulo está na Colômbia, onde logo mais enfrentará o Atlético Nacional, pela Copa Sul-Americana.

Horas depois, o clube publicou uma nota oficial em que repudia "de forma veemente" o anúncio da Penalty. Confira a nota na íntegra.

"O São Paulo Futebol Clube desconhece completamente a iniciativa de convite enviado à imprensa sobre o anúncio de despedida do atleta Rogério Ceni.

Em nenhum momento o clube foi consultado a respeito dessa questão e repudia de forma veemente a informação.

A decisão sobre o futuro cabe ao jogador em conjunto com o São Paulo Futebol Clube, e nenhum patrocinador fala pela instituição ou por qualquer atleta."

Mais Futebol