PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Chera reclama de ter sido comparado a Neymar no Santos: "sofria sempre"

Do UOL, em São Paulo

18/01/2014 10h56

O meia-atacante Jean Chera impressionou na base do Santos com seu bom futebol. Na ocasião, recebia altos salários e era constantemente comparado a Neymar. Sem clube aos 18 anos, e com várias passagens mal sucedidas pelos grandes do país, ele admite que sofreu com essa comparação quando era mais jovem.

“Sofria, cara, sempre. Tinha o salário mais alto. As pessoas olhavam de lado. Na prática, eu sentia isso. Não tocavam a bola para mim”, falou para o programa Esporte Fantástico, da TV Record.

Segundo Chera, as cobranças também vinham dos profissionais da base do Santos. “Era chamado de novo Neymar, então achavam que tinha de jogar e fazer dois, três gols por jogo. Acha que eu ficava como? Era uma criança, pô”.

Jean Chera admite que seu pai, Celso, conduziu a sua carreira de uma forma equivocada. Ele se arrepende de ter deixado o Santos rumo ao Genoa quando tinha apenas 15 anos.

“Minha saída do Santos para a Itália foi muito precipitada. Acho que deveria ter esperado. Meu contrato no Santos estava pronto, montado. Tinha só 15 anos. Meu falou não, você tem que ir para a Europa, vou acreditar no meu pai né? Mas hoje acho que se tivesse esperado, seria totalmente diferente”.

Com novo empresário após o pai deixar de cuidar dos seus interesses, Chera disse que estuda propostas para jogar no futebol profissional.  “Nosso pensamento é ir para um clube profissional onde possa treinar e jogar para que todo mundo possa observar e ver tudo que sei”.

Futebol