PUBLICIDADE
Topo

Corinthians pode ter lucro milionário com possível venda de Marquinhos

Zagueiro Marquinhos em ação pela Roma; jovem ex-corintiano se destacou na Itália - AFP PHOTO / GIUSEPPE CACACE
Zagueiro Marquinhos em ação pela Roma; jovem ex-corintiano se destacou na Itália Imagem: AFP PHOTO / GIUSEPPE CACACE

Gustavo Franceschini

Do UOL, em São Paulo

15/07/2013 18h36

O Corinthians pode lucrar, nas próximas semanas, até R$ 10 milhões com a venda de Marquinhos, que estaria próximo de trocar a Roma pelo PSG. Dono de 5% dos direitos econômicos do jogador, o clube ainda teria direito a quase 5% do valor total da transferência por ter sido um dos clubes formadores do zagueiro. 

O montante final depende do valor envolvido na transferência europeia. Desde a última semana, jornais franceses têm noticiado que o PSG está disposto a pagar 35 milhões de euros no jogador. Na cotação atual, a transferência seria fechado por cerca de R$ 102 milhões, valor interessante para o Corinthians, muito criticado pela negociação do jogador. 

Formado na base do clube, Marquinhos deixou o Brasil no ano passado para atuar pela Roma por empréstimo. Na época, o clube italiano pagou 1,5 milhão de euros e fixou o valor de compra em 3,5 milhões de euros. Como o zagueiro agradou em sua primeira temporada, os dirigentes europeus não hesitaram em exercer o direito e adquiriram o atleta, desembolsando 5 milhões de euros (R$ 14,6 mi). 

A direção do Corinthians foi criticada por ter se desfeito de um atleta de potencial, que poderia ser utilizado por Tite na equipe profissional, e por não ter lucrado tudo o que poderia com Marquinhos. Agora, a possível venda milionária para o PSG pode ajudar a equilibrar essa conta. 

Se o valor astronômico for confirmado, o Corinthians terá apenas de fazer o cálculo sobre o direito do clube formador, que representa 5% do valor total da transferência. Tudo ainda depende, no entanto, do acerto entre Roma e PSG.

Um dos motivos para a compra de Marquinhos, teoricamente, seria a iminência da transferência de Thiago Silva, pretendido pelo Barcelona. Nesta segunda, no entanto, o agente do capitão da seleção, Paulo Tonietto, afirmou novamente que ele segue em Paris, segundo jornal L'Equipe

Futebol