PUBLICIDADE
Topo

Torcida do Inter picha muro pedindo saída de Fernandão e chamando Forlán de "ex"

Protesto contra má campanha do Inter rendeu muro pichado perto do estádio Beira-Rio - Carmelito Bifano/UOL Esporte
Protesto contra má campanha do Inter rendeu muro pichado perto do estádio Beira-Rio Imagem: Carmelito Bifano/UOL Esporte

Do UOL, em Porto Alegre

23/10/2012 20h35

Fernandão foi mantido no cargo de técnico do Internacional até o final do Brasileirão, mas a torcida não está muito de acordo. A insatisfação com a campanha irregular do time fez surgir uma pichação nas cercanias do estádio Beira-Rio nesta terça-feira. O ato de vandalismo pede a saída do ex-atacante do comando da equipe e também critica o uruguaio Diego Forlán.

  • Agência Preview

    Com apenas mais dois meses de contrato, Fernandão admite que pode ter que procurar um novo emprego após a virada do ano.

“Fora Fernandão. Forlán ex-jogador. Dagol já”, são os dizeres rabiscados em um muro branco na Avenida Padre Cacique, principal via de acesso a casa do Colorado. Como o local não pertence ao Internacional ficará por tempo indeterminado com o protesto anônimo.

Fernandão assumiu o comando do Inter em meados de julho e já dirigiu a equipe em 21 jogos. Com apenas 46,03% de aproveitamento, ele não deve renovar seu contrato. O vínculo atual vai até dezembro e o próprio já admite procurar um novo emprego após a virada do ano.

Diego Forlán, outro alvo da pichação, já realizou 13 partidas pelo Internacional desde que chegou ao Brasil. Marcou apenas três gols e é tratado pela torcida como uma das decepções da temporada. Ele será titular do time contra o Vasco, nesta quarta-feira, em São Januário.

Dez pontos atrás do G-4, o Inter ainda não desistiu publicamente de buscar uma vaga na Libertadores. Mesmo com menos de 5% de chances de conseguir a classificação, Fernandão exige empenho e dedicação nas últimas sete partidas do certame nacional.

Futebol