PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Comentaristas, técnicos, dirigentes, atletas... Reveja os bate-bocas na TV

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

29/12/2016 11h00

  • Galvão Bueno x Renato M. Prado (SporTV)

    Em 2012, Renato Maurício Prado era comentarista do SporTV durante os Jogos Olímpicos na cidade de Londres. Em uma das edições do programa 'Conexão SporTV', pediu para Galvão Bueno contar uma piada que havia sido contada nos bastidores. Galvão não gostou, e o desentendimento cresceu, virando discussão. Renato deixaria o canal rumo à FOX Sports no fim de 2012.

  • Vandelei Luxemburgo x Marcelinho (Band)

    Em 2007, a Rede Bandeirantes exibia uma mesa redonda chamada 'Por dentro da bola', apresentada por José Luiz Datena. Em uma das edições, o técnico Vanderlei Luxemburgo e o meia Marcelinho Carioca se desentenderam. O primeiro não gostou de uma citação do segundo sobre sua atuação como empresário. A resposta virou um clássico: 'Eu já tirei mulher do seu quarto'

  • Jorge Kajuru x Marinho Soares (Band)

    Em abril de 2004, então na Rede Bandeirantes, Jorge Kajuru recebeu o pugilista Marinho Soares para debater o combate contra Fábio Garrido. Na luta, Marinho nocauteou Garrido e levou o rival à UTI, em coma. "Você não precisava dar os dois últimos socos nele. Ele já estava caído", disse Kajuru. "Isso é burrice", retrucou Marinho. O clima esquentou e os dois precisaram ser separados por funcionários da casa. Leia mais

  • PVC x Osvaldo Pascoal (FOX Sports)

    No começo de dezembro, Paulo Vinícius Coelho e Osvaldo Pascoal discutiram sobre a atuação do Internacional nos bastidores do futebol brasileiro. O primeiro pedia cautela no caso, mas levantou a voz ao ser interrompido durante sua argumentação. No fim, tudo não passou de um susto. Leia mais

  • Paulo Soares x José Trajano (ESPN Brasil)

    Em 2005, Paulo Soares apresentava o 'Linha de Passe'. Em pauta, o Palmeiras do técnico Emerson Leão. Ao retomar o assunto, Amigão foi subitamente interrompido por José Trajano, que alegou preferir mudar o assunto. A abordagem deu início a uma discussão entre os comentaristas. Incomodado, o apresentador da mesa se levantou e foi embora. Leia mais

  • Milton Neves x Roberto Avallone (CNT/Gazeta)

    Talvez o mais conhecido bate-boca em debates esportivos da história recente da TV brasileira. Em 1997, Milton Neves compareceu ao 'Mesa Redonda - Futebol debate' para se defender da acusação de ter apresentado um evento corporativo no Corinthians. Em pouco tempo, a conversa caiu para assuntos como jornalistas, opção sexual de colegas e várias ofensas. Leia mais

  • Rogério Ceni x Milly Lacombe (SporTV)

    Em junho de 2005, Milly Lacombe - então no SporTV - comentou a respeito de um contrato que Rogério Ceni teria forjado com o Arsenal. O então goleiro do São Paulo, irritado, então ligou para o canal e entrou no ar para rebater a informação. "Aí já estava muito claro que eu havia tropeçado, mas não sabia qual havia sido meu erro ainda", diria Milly anos mais tarde. Leia mais

  • PVC x Mauro Cezar Pereira (ESPN Brasil)

    Em 2012, os dois comentaristas discutiam a respeito da permanência de Neymar no Santos. No entanto, os argumentos dos dois lados rapidamente se desalinharam. Mauro reclamou de jogadores 'chinelinho', PVC não gostou e deu outros exemples. Mauro então reclamou que o colega estaria deturpando a conversa. O tempo esquentou e o programa acabou indo para o intervalo comercial. Leia mais

  • Dunga x Alex Escobar (SporTV)

    Durante a Copa do Mundo de 2010, Alex Escobar compareceu a uma entrevista coletiva do então treinador da seleção brasileira. Em meio às perguntas e respostas, Escobar respondeu a uma mensagem no celular e balançando a cabeça negativamente. Dunga interpretou o gesto como uma negativa e ele e bateu boca com o jornalista. "Algum problema?", questionou o técnico. "Eu nem estava olhando para você, Dunga", respondeu Escobar. O treinador, furioso, balbuciou ofensas na direção do comentarista. Leia mais

Esporte