PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasileiros pelo mundo: rodada teve gol histórico de Kaká e herói na China

Kaká marcou em cobrança de falta o primeiro gol do novo estádio do Orlando City - Orlando City/Oficial
Kaká marcou em cobrança de falta o primeiro gol do novo estádio do Orlando City Imagem: Orlando City/Oficial

Do UOL, em São Paulo

27/02/2017 04h00

Em dias de Carnaval, o final de semana foi de festa para alguns jogadores brasileiros que atuam fora do país. Kaká conseguiu um gol histórico com a camisa do Orlando City, nos Estados Unidos. Já na China, o atacante Alan ajudou o Guangzhou Evergrande (time dirigido por Felipão) a levantar a primeira taça do ano.

Os brasileiros também foram importantes em vitórias de Juventus, Paris Saint-Germain, Real Madrid e Barcelona. Já na Alemanha, dois jogadores do país amargaram uma goleada humilhante no clássico da rodada. 

Foram bem

  • Kaká (Orlando City)

    O meia brasileiro entrou para a história do Orlando City na noite de sábado. Kaká anotou o primeiro gol do novo estádio da equipe, o New Downtown Stadium. E ele veio de falta na vitória por 3 a 1 sobre o Saint Louis FC, em um amistoso para apenas alguns convidados. A estreia oficial da arena está marcada para 5 de março. Leia mais

  • Divulgação / Superliga da China

    Alan (Guangzhou Evergrande)

    O ex-jogador do Fluminense anotou um belo gol na vitória de sua equipe sobre o Jiangsu Suning por 1 a 0, na decisão da Supercopa da China. O gol saiu aos 35 minutos do primeiro tempo, quando Alan girou contra a marcação e bateu colocado, por cima do goleiro adversário. O atacante brasileiro ainda foi premiado como melhor em campo. Leia mais

  • Gerard Julien/AFP

    Rafinha (Barcelona)

    O meio-campo brasileiro teve participação importante na vitória do Barcelona sobre o Atlético de Madri, fora de casa. Rafinha abriu a vitória por 2 a 1, ao pegar um rebote dentro da área e bater cruzado. O resultado positivo manteve os catalães na perseguição ao Real Madrid, líder do Campeonato Espanhol. Leia mais

  • REUTERS/Heino Kalis

    Marcelo (Real Madrid)

    O lateral começou a partida contra o Villarreal com uma intervenção ruim no gol de Manu Trigeros, que abriu o placar para o time da casa. No entanto, o brasileiro cresceu no jogo e voltou a ser decisivo na virada do Real Madrid. Marcelo apareceu bem no fim da partida, oferecendo uma assistência precisa para Alvaro Morata anotar, definindo o placar de 3 a 2 para os líderes do Espanhol. Leia mais

  • Reprodução/Ajax FC

    David Neres (Ajax)

    O ex-jogador do São Paulo fez sua estreia pelo time de Amsterdã na vitória por 4 a 1 sobre o Heracles, em jogo válido pelo Campeonato Holandês. David Neres entrou em campo no segundo tempo e atuou nos 18 minutos finais da partida. “Eu acho que ele deixou uma impressão decente. Foi consistente nas coisas que fez. Nas recepções de bola, primeiros dribles e decisões que tomou. Gostei de ver isso”, elogiou Peter Bosz, técnico do Ajax.

  • Marquinhos e Thiago Silva (PSG)

    Os zagueiros brasileiros fizeram uma ótima conexão aérea, na jogada que abriu a vitória do Paris Saint-Germain sobre o Olympique de Marselha, fora de casa, por 5 a 1. Logo aos 5 minutos de jogo, Thiago Silva ganhou de Payet no alto e desviou de cabeça para o centro da área. Em seguida, Marquinhos se antecipou à marcação e mandou a bola para as redes. Leia mais

  • REUTERS/Jean-Paul Pelissier

    Lucas (PSG)

    O meia-atacante marcou o terceiro do Paris Saint-Germain na goleada por 5 a 1 sobre o Olympique de Marselha, for a de casa. Após um cruzamento da esquerda, Lucas apareceu no meio de três marcadores e desviou para o gol, com um chute rasteiro. Leia mais

  • AFP PHOTO / Marco BERTORELLO

    Alex Sandro (Juventus)

    O lateral marcou o segundo gol de sua equipe na vitória em casa por 2 a 0 sobre o Empoli. Na jogada em questão, Alex Sandro recebeu na área após bom trabalho de Cuadrado pela direita. A seguir, o brasileiro girou na frente do marcador e bateu cruzado, rasteiro, para vencer o goleiro. Esta foi a sétima vitória seguida da Juventus, que segue líder com conforto na Itália. Leia mais

  • REUTERS/Stephane Mahe

    Fabinho (Monaco)

    A equipe do brasileiro derrotou o Guingamp por 2 a 1 fora de casa e garantiu a liderança isolada do Campeonato Francês por mais uma rodada. O lateral-direito ex-Fluminense fez o segundo gol do Monaco, de pênalti, cobrando com cavadinha, aos 41 minutos do segundo tempo.

  • AFP PHOTO / MIGUEL RIOPA

    Tiquinho Soares (Porto)

    Um gol do atacante brasileiro definiu a vitória do Porto contra o Boavista, fora de casa, por 1 a 0. O atacante paraibano abriu o placar logo aos 7 minutos do primeiro tempo, fechando na primeira área após um cruzamento vindo da direita. Com o resultado, o Porto segue um ponto atrás do Benfica na classificação do Campeonato Português.

  • Reprodução

    Rafael Silva (Urawa Red Diamonds)

    A equipe do brasileiro começou a temporada no Japão com derrota para o Yokohama Marinos, por 3 a 2. No entanto, Rafael Silva anotou os dois gols do Urawa no jogo. Aos 24 anos, o atacante jogou no Brasil pela última vez com a camisa do Coritiba. Depois, em 2013/14, atuou na Suíça e no Japão. Chegou este ano aos Red Diamonds.

Foram mal

  • Andreas Gebert/dpa via AP

    Douglas Santos e Walace (Hamburgo)

    Individualmente, a dupla de brasileiros não fez nada de comprometedor. No entanto, os dois jogadores sofreram como titulares em campo na Allianz Arena, na derrota acachapante para o Bayern de Munique, por 8 a 0 (ambos atuaram por 90 minutos). O lateral Douglas Santos ainda levou um cartão amarelo no jogo, após entrada forte em Philipp Lahm.

  • Aitor Alcalde Colomer/Getty Images

    Ganso (Sevilla)

    Durante a semana o técnico Jorge Sampaoli criticou o comprometimento do brasileiro no Sevilla, dizendo que "é quase uma decisão própria a de não ser relacionado". O treinador argentino afirmou que espera mais empenho de Ganso. No final de semana, o ex-jogador de Santos e São Paulo voltou a ser descartado. O meia não foi relacionado para a partida contra o Betis, pelo Campeonato Espanhol (vitória do Sevilla por 2 a 1).

Esporte