PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Flamengo já tinha aval em Conselho para fechar com o Mercado Livre

Flamengo anunciou uma parceria com o Mercado Livre usando o seu mascote para simular uma entrega - Reprodução/Twitter
Flamengo anunciou uma parceria com o Mercado Livre usando o seu mascote para simular uma entrega Imagem: Reprodução/Twitter
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/04/2021 04h00

Antes de o Flamengo fechar uma parceria de R$ 30 milhões com o Mercado Livre, em acordo anunciado ontem (26), em que a empresa irá estampar sua marca mas costas do uniforme, a cúpula rubro-negra já estava cercada de garantias por conta de negociações anteriores.

Como o artigo 146 do estatuto veta a celebração de contratos se for o caso de "o resultado acumulado do exercício corrente, o superávit é inferior, ou o déficit superior, em três por cento do faturamento previsto no orçamento aprovado", o presidente Rodolfo Landim e seus pares já tinham uma posição do Conselho Fiscal e da Comissão de Finanças para fechar futuros negócios.

Como a sinalização foi de que haveria problemas desde que não houvesse déficit no orçamento de caixa, a parceria foi selada, mas o acordo ainda precisa passar pelo Conselho Deliberativo. (Por Leo Burlá e Rodrigo Mattos)

UOL de Primeira