PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Carta de Andrés irrita Globo em meio a negociação por cortes de verba

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians - PETER LEONE/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Andrés Sanchez, presidente do Corinthians Imagem: PETER LEONE/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

12/05/2020 04h00

A carta assinada pelo presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, informando que o clube pode "eventualmente não participar" de jogos à noite e aos domingos irritou o Grupo Globo. O motivo foi o fato de o Timão ser um dos clubes que mais pressionam a emissora carioca a rever a redução de pagamentos envolvendo o Brasileirão deste ano, reduzidos por causa da pandemia do novo coronavírus.

No mês passado, a Globo fechou com clubes que pagaria parcelas de R$ 396,7 mil, em vez de R$ 1.5 milhão previstos inicialmente, equivalentes aos direitos de TV aberta e paga - uma queda de 73,5%. O Corinthians foi um dos clubes que mais reclamou da redução, dizendo ter compromissos a honrar. A Globo alega que a medida é importante num período de pandemia onde o futebol não está acontecendo. Em tempos de conversas cordiais na busca de uma solução, a pressão do cartola corintiano não pegou bem entre os executivos da TV. (Por Diego Salgado e Gabriel Vaquer)

UOL de Primeira