PUBLICIDADE
Topo

Mbappé iguala Pelé ao marcar em final e é eleito o melhor jovem da Copa

Kylian Mbappé comemora quarto gol da França diante da Croácia na final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia - Carl Recine/Reuters
Kylian Mbappé comemora quarto gol da França diante da Croácia na final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia Imagem: Carl Recine/Reuters

Do UOL, em São Paulo*

15/07/2018 13h33Atualizada em 15/07/2018 17h56

Classificação e Jogos

Kylian Mbappé foi eleito o melhor jovem jogador da Copa do Mundo da Rússia. Neste domingo (15), na vitória por 4 a 2 da França sobre a Croácia na final do Mundial, o atacante de apenas 19 anos coroou seu desempenho na competição com um gol no triunfo da seleção francesa.

Copa 2018: Assista aos gols de França 4 x 2 Croácia

- Por que perdemos? Os fatores que contribuíram para a queda da seleção
- Perrengues na Rússia: de motorista dorminhoco a hotel de filme de terror
Copa mostra que árbitro de vídeo pode minar agressões e "malandragens"

O gol na decisão do Mundial o tornou o mais jovem atleta a balançar as redes em uma final de Copa desde que Pelé anotou para ajudar a seleção brasileira a faturar o título em 1958.

Nascido em 20 de dezembro de 1998 na periferia de Paris, Mbappé balançou as redes aos 19 anos, sete meses e 25 dias. Já Pelé, revelação da Copa do Mundo de 1958, fez seu gol antes mesmo de completar 18 anos. Nas redes sociais, o brasileiro parabenizou o francês: "O segundo adolescente a marcar um gol em final da Copa do Mundo. Bem-vindo ao clube, Kylian. É ótimo ter sua companhia".

Além de tudo, Kylian Mbappé é um dos poucos jogadores com 19 anos que atuaram em uma final da Copa do Mundo. Além dele, apenas o uruguaio Rubén Morán (50), Pelé (58) e o italiano Bergomi (82) tinham menos de 20 anos quando disputaram uma decisão. Todos garantiram o título.

Mbappé fez o quarto gol da decisão desde domingo (15). A França abriu o placar com um gol contra de Mandzukic e a Croácia empatou com Perisic. O mesmo jogador croata depois faria o pênalti que originaria o segundo gol francês, com Griezmann. No segundo tempo, Pogba fez o terceiro e Mbappé anotou o quarto. Mandzukic diminuiu.

Mesmo com um título de Copa do Mundo no currículo, o jovem de 19 anos afirmou que ainda quer mais. "Eu quero ir mais longe, ir até onde o meu limite permitir. Ganhar uma Copa do Mundo sempre abre novas portas. Agora, é continuar a trabalhar. Estou no começo da caminhada, grandes coisas virão."

O camisa 10 da seleção da França mostrou ao mundo suas qualidades quando comandou a vitória da seleção da França por 4 a 3 sobre a Argentina, nas oitavas de final do Mundial da Rússia. Ele marcou dois gols e sofreu um pênalti após uma arrancada surpreendente.

Já nas quartas de final da competição, Mbappé também foi um dos grandes nomes da seleção francesa na vitória por 2 a 0 sobre o Uruguai. Na semi, diante da Bélgica, o atacante assustou a defesa dos adversários com os lances de velocidade no triunfo por 1 a 0.

*Com colaboração de Marcel Rizzo, de Moscou

França