PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Fagner se sai bem, mas Danilo recuperado volta à disputa por vaga na equipe

O lateral Fagner em treino da seleção brasileira em Sochi; corintiano terá disputa com Danilo - Pedro Martins / MoWA Press
O lateral Fagner em treino da seleção brasileira em Sochi; corintiano terá disputa com Danilo Imagem: Pedro Martins / MoWA Press

Danilo Lavieri, Dassler Marques, João Henrique Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Sochi (Rússia)

30/06/2018 04h00

Classificação e Jogos

Titular na lateral direita contra Costa Rica e Sérvia, Fagner agradou à comissão técnica da seleção brasileira, mas ganhou concorrência. Com Danilo recuperado da lesão muscular no quadril, Tite deve abrir uma disputa pela posição antes do confronto com o México, nesta segunda-feira (2), em Samara, pelas oitavas da Copa do Mundo. 

- Veja a tabela completa, as datas e as chaves das oitavas de final
- Simule os resultados e veja como ficam as quartas de final
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil

A avaliação de Tite e de seus auxiliares é que Fagner teve atuações seguras. Diante da Costa Rica, ele até criou duas oportunidades de gol em cruzamentos, mas a instrução do treinador do Brasil é para que ele ajude a construção das jogadas do campo de defesa, liberando os avanços do lateral esquerdo, seja Marcelo ou Filipe Luis, caso o titular não esteja recuperado de dores nas costas e não possa enfrentar os mexicanos.

Além de demonstrar obediência tática, Fagner tem a confiança de Tite, com quem trabalhou e foi campeão pelo Corinthians. Também é procedimento padrão do treinador manter os jogadores que vão bem no time, o que dá vantagem a Fagner, mas algumas questões estão sendo pesadas pela comissão antes da definição do time, que deve ocorrer na atividade deste sábado, em Sochi, que será fechada aos jornalistas.

Fagner já era o favorito a reserva de Daniel Alves antes da convocação final, mas uma lesão sofrida logo antes da divulgação da lista fez com que Danilo começasse a preparação na frente. O jogador do Manchester City formou os 11 iniciais nos amistosos contra Croácia e Áustria e na estreia brasileira no Mundial, diante da Suíça.

A comissão técnica também avaliou positivamente as atuações de Danilo, que perdeu a vaga apenas por conta da lesão muscular sofrida na véspera da partida contra a Costa Rica. Para acelerar a recuperação, o defensor não foi relacionado para enfrentar os sérvios e ficou em Sochi fazendo tratamento físico. Nesta sexta-feira (29), o departamento médico o liberou para trabalhar com bola.

Danilo tem como vantagem a bola aérea, por ser mais alto (1,84 m), além da experiência de participar das principais competições da Europa. Fagner (1,68 m de altura), sofreu com a limitação no jogo contra a Sérvia, quando tentou subir com Mitrovic (1,89 m) e viu o centroavante cabecear livre para o gol em um lance de perigo. Por outro lado, Fagner foi presença mais constante em convocações anteriores. Entre os laterais direitos, apenas Daniel Alves foi chamado por Tite mais vezes.

Seleção Brasileira