PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Ex-cantor do Araketu adota paródia da torcida brasileira: "Entrei na onda"

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

30/06/2018 12h39

Classificação e Jogos

“Só sei que ser brasileiro é bom demais”. A paródia de “O Araketu é Bom Demais” viralizou e está embalando a torcida do Brasil na Copa do Mundo. Mas não só isso. A nova versão animou até o cantor Tatau, criador da versão oficial, que decidiu abraçar a brincadeira.

- Brasil pega o México às 11h de 2ª; veja tabela das oitavas
- Assista aos gols do Brasil na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia
- Coutinho e Thiago Silva se destacam, e Jesus fica ‘ameaçado’

“Comecei a ser requisitado pelas pessoas, por ser o autor da obra. Essa música tem 25 anos, você vê que é coisa de Deus. Tem coisa que não adianta forçar, tinha que acontecer e aconteceu com ela. Estou muito feliz”, disse Tatau ao UOL Esporte.

O hit faz parte da movimentação da torcida brasileira para criar novas músicas para apoiar o time, dando adeus ao tradicional “sou brasileiro com muito orgulho”. A paródia viralizou quando uma série de torcedores começaram a cantar dentro de um metrô na Rússia.

 “Eu sou como se fosse mais um naquele metrô. Mais um torcedor brasileiro inserido e curtindo. Tomara que dê sorte e o Brasil vá até a final”, continuou.

Mas a versão não estará presente apenas na Rússia. Se o público quiser, Tatau promete dar uma palinha em seus shows.

“Já entrou (no repertório). Vai muito do que a gente recebe. Se tiver algumas reações de pedidos para que faça a brincadeira, eu faço, não vejo problema. Eu canto alegria, trabalho com divertimento”, completou Tatau.

Confira a letra da paródia:

Não dá para esconder o que eu sinto por você, Rússia!

Não dá (4x)

Só sei que a Alemanha estremece

Que a Argentina só tem o Messi

Inevitavelmente a Itália dança

O Zidane não nasceu na França

O Iniesta nem joga mais

Só sei que ser brasileiro é bom demais

Êôêô, sou brasileiro!

Nota da redação: Zinedine Zidane nasceu na cidade de Marselha, na França.

Seleção Brasileira