PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Com início eletrizante, Copa tem 2º dia marcado por jogos decididos no fim

Cristiano Ronaldo marca de falta e empata o jogo Portugal x Espanha pelo Grupo B da Copa 2018 - Frank Augstein/AP Photo
Cristiano Ronaldo marca de falta e empata o jogo Portugal x Espanha pelo Grupo B da Copa 2018 Imagem: Frank Augstein/AP Photo

Do UOL, em São Paulo

15/06/2018 20h00

Classificação e Jogos

A Copa do Mundo da Rússia está apenas no começo, quatro jogos e dois dias de competição, mas um detalhe importante já pode ser notado, os gols decisivos nos minutos finais das partidas. No segundo dia de Copa, as três partidas foram definidas depois dos 40 minutos do segundo tempo, sem falar dos dois gols russos no duelo de abertura do Mundial que transformaram a vitória, até então por três gols de vantagem, em goleada por 5 a 0.

- Assista aos gols dos jogos de sexta-feira da Copa do Mundo
Brasil estreia às 15h deste domingo; veja a tabela
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial

Uruguai sofre para confirmar favoritismo

Giménez comemora gol uruguaio - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Apontado pela maioria como a principal força do Grupo A, a seleção uruguaia sofreu para conseguir estrear com uma vitória, mesmo com a ausência do principal jogador do Egito, o atacante Salah. Em noite pouco inspirada de Suárez, quem tentava decidir para o time sul-americano era Cavani, seu companheiro de ataque.

O capitão Diego Godin chegou a mostrar um tom de desespero e partiu para o ataque em diversos momentos para ver se criava um fator surpresa para o bom sistema defensivo dos egípcios. Mas foi o seu companheiro de zaga o responsável por garantir os três pontos na estreia para os uruguaios.

Giménez fez o gol da vitória do Uruguai aos 44 minutos do segundo tempo, após aproveitar o cruzamento de Carlos Sánchez e marcar de cabeça, para euforia dos companheiros e do técnico Oscar Tabárez que largou suas muletas para festejar o tento.

Irã se fecha e é premiado no fim

Marroquino sai chorando de campo - FP PHOTO / Paul ELLIS - FP PHOTO / Paul ELLIS
Imagem: FP PHOTO / Paul ELLIS

Mais tarde, pelo Grupo B, o Irã derrotou o Marrocos por 1 a 0. O time dirigido por Carlos Queiroz cumpriu a postura que o técnico tinha alertado que tomaria nos jogos da Copa do Mundo: se defender 80% do tempo para atacar nos momentos certos.

O Marrocos até teve as melhores oportunidades, mas a dedicação tática dos iranianos acabou premiada nos acréscimos do segundo tempo da partida. Aos 50 minutos, um gol contra de Aziz Bouhaddouz, que saiu chorando de campo, gerou tristeza dos marroquinos e festa para os iranianos em São Petesburgo.

Portugal e Espanha fecharam dia eletrizante com chave de ouro

Cristiano Ronaldo comemora gol contra Espanha - Murad Sezer/Reuters - Murad Sezer/Reuters
Imagem: Murad Sezer/Reuters

Ainda pelo Grupo B, Espanha e Portugal protagonizaram uma emocionante partida em Sochi, com várias alterações de quem ficava a frente do marcador. Cristiano Ronaldo foi o grande destaque marcando três vezes no duelo, o primeiro deles logo aos 3 minutos em um pênalti que ele mesmo sofreu. 

A Espanha empatou com Diego Costa, mas viu CR7 desequilibrar novamente em falha de De Gea. Parecia que os espanhóis acumulariam a terceira derrota seguida em estreias de Copa do Mundo, porém Diego Costa novamente e Nacho viraram o marcador em poucos minutos. 

Espanha e Portugal não poderiam ficar para trás em um dia marcado por fortes emoções nos torcedores. Aos 43 minutos do segundo tempo, Cristiano Ronaldo apareceu novamente. Ele ajeitou o calção, fez um certo suspense demorando para cobrar a falta, mas mostrou porque é o atual melhor do mundo acertando o ângulo de De Gea. 

Além dos finais emocionantes, os primeiros dois dias de Copa do Mundo mostram uma boa média de gols, principalmente pela vitória russa e o empato no clássico ibérico. Foram 13 gols em quatro jogos, somente um a menos que o registrado nos dois primeiros dias do Mundial de 2014.

Copa 2018