PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Palmeiras perde nos pênaltis novamente. Não pode ser coincidência

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

09/06/2021 21h35Atualizada em 09/06/2021 21h50

Primeiro, foi o Al-Ahly, do Egito. Depois, o Flamengo. E o Defensa y Justicia. E, por fim, o CRB.

O Palmeiras perdeu quatro decisões em quatro campeonatos diferentes. Perdeu para times de três países diferentes. Dois continentes distintos.

Não interessa o estilo do adversário, o Palmeiras perde nos pênaltis.

Não é coincidência. O time não treina? Os jogadores não gostam de bater? As pernas tremem?

Culpa do goleiro não é. Ele é um dos melhores do Brasil e sempre pega um. No mínimo um.

Não é possível finalizar 36 vezes contra apenas duas. Perder o jogo. E errar as três últimas cobranças da série de cinco.

Abel precisa resolver esse problema.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon