PUBLICIDADE
Topo

Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Galeano, o arco que virou flecha, merece ficar. E mais dez pitacos

Conteúdo exclusivo para assinantes
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

26/04/2021 04h00Atualizada em 26/04/2021 08h29

1) Contra o Guarani, Galeano jogou como ala. Salvou um gol e participou dos três que o São Paulo marcou. Foi um arco.

2) Contra o Ituano, jogou no ataque. E fez dois gols. Um deles, corretamente anulado. E ainda sofreu o pênalti que Rodrigo converteu. Seu passe custa 600 mil dólares, em torno de 3,5 milhões de reais. Está fazendo valer a pena.

3) Rodrigo, Igor Vinicius e Galeano fizeram o primeiro gol na temporada. O São Paulo agora tem 18 jogadores que marcaram no Campeonato Paulista.

4) Benítez estava em campo e o São Paulo teve dois lançamentos "estilo Gérson". Nenhum foi dele. O primeiro, de Diego Costa para Galeano resultou em pênalti. O segundo, de Nestor para Igor Gomes, terminou com lindo passe para Galeano marcar o seu gol.

5) Igor Vinícius finalizou muito bem no segundo gol. Bom para ele e para o time. Antes, em situação semelhante, o gol ficava pequeno para ele.

6) No último lance do jogo, um lançamento da esquerda, Vitor Bueno entrou na área como um centroavante e quase fez. É o que se espera dele, na nova função.

7) O São Paulo precisa de um atacante de explosão e força física. Um Luis Fabiano, um Calleri, um Ricardo Oliveira dos velhos tempos. Não será Pablo e nem Vitor Bueno o parceiro ideal de Luciano.

8) O São Paulo começou com oito de Cotia. E no segundo tempo, entraram Nestor, Igor Gomes, Hernanes e Vitinho. Dos 16 utilizados, 12 de Cotia. 75%. O sonho de Juvenal Juvencio está se realizando. Um time formado em Cotia.

9) O Ituano teve dois jogadores expulsos em faltas que poderiam ter sido evitadas. Precipitação e nervosismo que só prejudicam o time na luta para não cair.

10) Liziero foi muito bem. Tem muito potencial. as contusões atrapalham muito.

11) Diego Costa deu sinal de vida. Há muito não fazia uma boa partida. A última, contra o Flamengo, já havia sido exceção.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL