PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Daniel na lateral deixa o São Paulo mais equilibrado

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

21/04/2021 04h00Atualizada em 21/04/2021 08h46

A novidade no São Paulo tem jeito de dejá vú. Daniel Alves na lateral, posição em que venceu mais 40 títulos. Posição em que foi considerado o melhor jogador da Copa América de 2019.

Estava errado antes, no meio campo? Como segundo volante ou como meia? Não. Simplesmente porque não havia outro armador de jogadas.

Agora tem. Benítez está se mostrando um jogador muito útil. Brilhante. Bons passes, boa distribuição de jogo e chutes de fora. Ajuda a marcar.

Com Benitez e Daniel na ala, o time fica muito mais equilibrado. Antes, jogava apenas pela esquerda, com Reinaldo. Agora, há jogadas pelos dois lados.

Daniel pode voltar para o meio? Sim, será titular. Os outros - Luan, Nestor, Liziero, William, Benitez, Igor Gomes, Gabriel Sara e quem mais? - disputariam duas vagas ao seu lado.

Melhor ficar na lateral. Abre uma vaga no meio e da muita qualidade à ala.

Daniel achou o seu lugar. Aquele mesmo em que conseguiu respeito e admiração de torcedores do mundo todo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon