PUBLICIDADE
Topo

Expulsão de Gabigol foi imbecil. Faltou ser obrigado a lavar boca com sabão

Gabigol é expulso no final de Fluminense x Flamengo e questiona arbitragem - Thiago Ribeiro/AGIF
Gabigol é expulso no final de Fluminense x Flamengo e questiona arbitragem Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

13/07/2020 19h03

Gabigol tinha amarelo e faz uma falta feia. Vagner Magalhães achou que não merecia o segundo amarelo e continuou o jogo. Questão de interpretação, não considero um erro.

Fim de jogo e Gabigol está sendo substituído por Leo Pereira. Sai lentamente e leva o segundo amarelo, seguido de vermelho. Também uma questão de interpretação. Para mim, o primeiro lance era mais plausível de punição.

Mas, EPA.... Vagner Magalhães expulsou Gabigol por causa de um palavrão e não de cera.

Sou eu que vou sair, porra

Que horror, não?

Vagner Magalhães deveria ter obrigado Gabigol a lavar a boca com sabão, rezar três Aves Marias e cinco Pais Nossos. E ficar de joelho no milho.

Que piada imbecil do juiz.

Menon