PUBLICIDADE
Topo

Apenas cinco "brasileiros" teriam lugar no Flamengo

Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

28/03/2020 19h28

O domínio do Flamengo no futebol brasileiro é inquestionável. E creio que duradouro. O mérito é do treinador que soube extrair o máximo de um elenco estrelar, construído com muito dinheiro e muita inteligência.

Houve sacadas como Pablo Mari, Gerson, Gustavo Henrique que pouco custaram. E a grande decisão de não pagar 7 milhões de euros por Pablo e apostar em Gabigol.

Vejo cinco jogadores atuando no Brasil com capacidade de fazer parte do elenco do Flamengo. Dois como titulares.

Daniel Alves - Está se tornando uma unanimidade nacional, como na Copa América. Seria titular no meio-campo ou na lateral direita.

Weverton - É mais goleiro que Diego Alves. Na ausência de Alisson, deveria ser titular da seleção.

Bruno Henrique - Tem toda capacidade para fazer o trabalho de área a área. É melhor que Tiago Maia e poderia ameaçar Arão.

Dudu - O melhor jogador do Palmeiras há três anos. Tem condição técnica para disputar com Everton Ribeiro, que, momento está melhor.

Cebolinha - Com ele, Bruno Henrique teria uma sombra. Bruno leva vantagem por sua capacidade de fazer gols.

Vocês vem algum outro jogador com capacidade de jogar no Flamengo atual?

Menon