Mauro Cezar Pereira

Mauro Cezar Pereira

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Eliminação da seleção de Ramon de Paris-24 foi favor ao futebol brasileiro

Que time ruim. Mal treinado. Inofensivo. Covarde. A seleção brasileira eliminada das Olimpíadas foi algo medonho no torneio disputado na Venezuela. Um negócio constrangedor. Ficar fora dos Jogos de Paris será um favor ao futebol brasileiro.

A derrota para a Argentina por 1 a 0, gol de Luciano Gondou, centroavante do Argentinos Juniors, foi uma obviedade. O Brasil se agarrava pateticamente ao empate sem gols e levou o castigo. Merecido.

Ramon Menezes foi um bom jogador que jamais fez um trabalho elogiável desde que se tornou técnico. Mas ganhou de presente a seleção pré-olímpica e ainda comandou a principal interinamente.

Oito meses antes da ridícula campanha no pré-olímpico, a seleção treinada por Ramon foi eliminada do Mundial Sub- 20 ao perder para Israel. Um papelão. Sempre com bons jogadores à disposição.

Segue a pergunta: o que o justificaria no cargo? Será que o ex-jogador Branco, coordenador das categorias de base da Seleção Brasileira, tentará ao menos explicar sua escolha?

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes