PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sergio Ramos diz ter forçado cartão, mas volta atrás com medo de punição

Do UOL, em São Paulo

14/02/2019 11h26

O zagueiro Sergio Ramos admitiu ter forçado um cartão amarelo nos minutos finais da partida do Real Madrid contra o Ajax, na última quarta-feira (14), pela Liga dos Campeões. A advertência recebida o deixará de fora do jogo de volta, mas "zerado" em cartões caso o clube espanhol avance para as quartas de final da competição.

"A verdade é que vendo o resultado, mentiria se dissesse que não forcei. Não é por subestimar o rival nem pensar que a eliminatória já terminou, mas no futebol você precisa tomar decisões complicadas. Decidi assim, um cartão aos 43, ficarei na arquibancada, serei um torcedor a mais (no jogo de volta)", disse Sergio Ramos na zona mista depois da partida.

Leia também:

Tempos depois de dar a declaração, Sergio Ramos voltou atrás. O motivo pode ter sido o histórico da UEFA, que puniu o mexicano Jesús Corona, do Porto, na fase de grupos. O jogador havia forçado um cartão amarelo contra o Schalke e a entidade decidiu dar mais um jogo de suspensão para ele, deixando-o fora do duelo contra a Roma, pelas oitavas de final.

"Em um jogo há muitas tensões, muitas sensações e muitas pulsações. Temos que tomar decisões em segundos. O melhor de hoje (quarta-feira) foi o resultado. O pior (foi) não poder estar no jogo de volta junto com meus companheiros por um lance de jogo", iniciou Sergio Ramos, em uma resposta no Twitter.

"Quero deixar claro que me dói mais do que qualquer um, que não forcei o cartão, assim como não fiz no jogo contra a Roma", completou.

O Real Madrid venceu o primeiro jogo contra o Ajax por 2 a 1, fora de casa. No segundo duelo, marcado para o dia 5 de março, a equipe precisa de apenas um empate para avançar para as quartas de final da competição.

Esporte