Topo

Esporte


Torcedores do CSKA negam responsabilidade por feridos em escada de Roma

Do UOL, em São Paulo

24/10/2018 13h05

Torcedores do CSKA Moscou negaram nesta quarta-feira (24) ter sido responsáveis por danos em uma escada rolante de uma estação de metrô de Roma no dia anterior, quando a equipe dos torcedores visitou a Roma em jogo pela Liga dos Campeões da Europa.

Em vídeos, é possível perceber que a escada rolante da estação Piazza Repubblica funcionava em velocidade acelerada. Os torcedores do CSKA faziam festa na descida, quando se inicia uma aglomeração no final do percurso. Informações iniciais falavam em 20 feridos, sendo cinco em estado mais grave – um deles, segundo o jornal Corriere dela Sera, teve um pé amputado.

O vice Primeiro-Ministro da Itália, Matteo Salvini, creditou o acidente a “dezenas de bêbados que estavam fazendo uma bagunça”, segundo a emissora RTL. No entanto, em comunicado creditado a torcedores do CSKA e divulgado nesta quarta-feira pela imprensa italiana, os visitantes russos negaram qualquer responsabilidade nos danos à escada do metrô que provocaram o acidente.

“Queridos jornalistas (especialmente italianos), parem de espalhar mentiras sobre o fato de que os fãs de CSKA estariam pulando na escada rolante. Junto com nossos amigos, saímos da primeira escada rolante e ninguém pulou. Cantando? Sim, mas sem jamais pular. Mais tarde conversamos com vários rapazes machucados no estádio, e todos eles confirmaram que não houve pulos”, diz a nota, segundo o site italian SportFair.

“Estamos conscientes de que os torcedores de futebol, especialmente os russos, são tratados como criminosos em potencial, mas não somos idiotas. Em vez de culpar os fãs do CSKA, façam um bom jornalismo e perguntem por que as pessoas que vão a um jogo de futebol precisam ir para casa com as pernas amputadas. Porque os amantes de viagens são esfaqueados. Porque a Itália se torna um dos lugares mais perigosos para viajar. É hora de questionar tudo isso”, questiona a nota.

A imprensa italiana ainda relatou que um torcedor russo foi esfaqueado nos arredores do Estádio Olímpico. No jogo, pela terceira rodada do Grupo G, a Roma venceu o CSKA por 3 a 0, com gols de Edin Dzeko (dois) e Cengiz Ünder. O time italiano divide com o Real Madrid a liderança da chave, cada um somando seis pontos em três rodadas. O CSKA tem quatro pontos e é terceiro.

Mais Esporte