PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcelo explica que saiu chorando por medo de ter quebrado o pé novamente

David S. Bustamante/Soccrates /Getty Images
Imagem: David S. Bustamante/Soccrates /Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/10/2018 18h23

O triunfo do Real Madrid por 2 a 1 sobre o Viktoria Plzen quase saiu caro. Marcelo, autor do segundo gol, deixou o campo com dores após uma entrada de Ekpai, nos minutos finais, foi visto chorando e chegou a preocupar para o jogo contra o Barcelona. Mas ele já se explicou.

"Foi uma pancada muito forte, vou fazer radiografia agora para tirar as dúvidas. Mas estou bem. Saí chorando porque eu quebrei o pé há uns cinco anos, e estava com medo de pisar. Passou um filme na minha cabeça, foi um período muito chato da minha carreira. Pensei que tinha quebrado o pé de novo. Não quebrei, por sorte, mas vou fazer radiografia para tirar as dúvidas", disse ao Esporte Interativo.

Antes destas declarações, a a imprensa espanhola já especulava que o atleta poderia não estar à disposição de Julen Lopetegui para o clássico de domingo (28), no Camp Nou.

Como o treinador havia acabado de fazer a terceira alteração na equipe - Mariano Díaz no lugar de Benzema -, as dores de Marcelo obrigaram o Real a terminar a partida contra o Viktoria Plzen com apenas 10 jogadores em campo.

Vale lembrar que o técnico Tite convocará a seleção brasileira nesta sexta-feira (26) para o amistoso contra o Uruguai, que acontece no dia 16 de novembro, em Londres.

Depois de marcar o segundo do Real, Marcelo comemorou apontando para o escudo merengue no peito. O gesto foi interpretado como uma resposta às especulações de que ele poderia sair do clube. "Quem tinha de entender isso já entendeu, especulam muitas coisas sobre mim e o Real Madrid. Foi só um recadinho. Quem teve de entender, entendeu", limitou-se a responder.

Esporte