Topo

Esporte


Modric é eleito pela Uefa como melhor da temporada; CR7 não vai à premiação

Eric Gaillard/Reuters
Imagem: Eric Gaillard/Reuters

Bruno Grossi

Do UOL, em Mônaco

30/08/2018 14h20

O meia Luka Modric superou Cristiano Ronaldo e Mohamed Salah e ganhou o prêmio de melhor jogador da última temporada da Uefa. O vencedor foi conhecido nesta quinta-feira (30), durante evento realizado em Mônaco.

A premiação não contou com a presença de Cristiano Ronaldo, que faltou ao evento e surpreendeu a todos - uma cadeira reservada para o craque, ao lado de Modric e Salah, ficou vazia e chamou a atenção.

Giuseppe Marotta, CEO da Juventus, disse que o clube respeitou a decisão do atleta de permanecer em Turim. De acordo com o jornal espanhol "AS", um emissora italiana tinha uma entrevista exclusiva agendada com o português durante o evento.

A escolha por Modric representa a primeira vez que um jogador croata recebeu o prêmio, mas não causa grande surpresa. Afinal, o camisa 10 do Real Madrid conduziu a equipe espanhola ao título da Liga dos Campeões na temporada passada. A fase é tão boa que também foi premiado como o melhor da Copa do Mundo da Rússia.

Cristiano Ronaldo, artilheiro da última Champions com 15 gols, foi preterido pelo colega de Real. A situação de Mohamed Salah, do Liverpool, é bem diferente; o egípcio fez grande campanha no torneio europeu, mas a lesão sofrida na final contra o time espanhol acabou por tirá-lo da briga pelo título e pelo prêmio da Uefa.

Modric venceu Mohamed Salah (foto) na final da Champions e na premiação da Uefa - Claude Paris/AP
Modric venceu Mohamed Salah (foto) na final da Champions e na premiação da Uefa
Imagem: Claude Paris/AP

Antes do prêmio de melhor jogador, a entidade anunciou Pernille Harder, do Wolfsburg, como melhor atleta da Liga dos Campeões feminina, e escolheu os melhores jogadores de cada posição na competição masculina.

O Real Madrid levou vantagem nesta premiação específica. Keylor Navas (melhor goleiro), Sergio Ramos (defensor), Luka Modric (meio-campista) e Cristiano Ronaldo (atacante, que trocou o Real pela Juventus) foram os vencedores.

Dois brasileiros estavam entre os três finalistas por posição, mas o goleiro Alisson (que jogou a Champions pela Roma e agora está no Liverpool) e Marcelo foram superados por Navas e Sergio Ramos. Nestas posições, os outros concorrentes eram Gianluigi Buffon e Raphael Varane.

No meio-campo, Modric superou Toni Kross, seu companheiro de Real, e Kevin de Bruyne, do Manchester City. Já no ataque, Cristiano Ronaldo disputava com Lionel Messi (Barcelona) e Mohamed Salah (Liverpool).

A cerimônia também foi marcada por uma homenagem a David Beckham, que ganhou um prêmio honorário. O brasileiro Kaká também participou do sorteio (clique aqui para ver os grupos da próxima edição da Liga dos Campeões).

Esporte