PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Zidane 'imita' Carille após virada do Real: "Soubemos sofrer sem a bola"

Do UOL, em São Paulo

25/04/2018 18h39

Quem acompanha o futebol brasileiro certamente já ouviu o técnico do Corinthians, Fábio Carille, falar que sua equipe "sabe sofrer sem a bola". Nesta quarta-feira (25), foi a vez de Zinedine Zidane coincidentemente usar um discurso semelhante para exaltar a virada do Real Madrid por 2 a 1 contra o Bayern de Munique, no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões.

"Sofremos muito, mas o resultado é importante. É preciso sofrer, não pode jogar a Liga dos Campeões e não sofrer. Mas estamos contentes porque soubemos sofrer sem a bola", afirmou, em coletiva após o jogo.

Ao todo, o Bayern de Munique teve 59% de posse da bola, e o Real Madrid, apenas 41%. A diferença é ainda maior em relação ao número de chutes a gol. Foram 13 da equipe alemã, contra apenas 7 dos merengues.

Apesar de comemorar a vitória na Allianz Arena, o técnico do Real Madrid mostrou preocupação com Isco, que teve de ser substituído ainda no intervalo. "É uma pena que perdemos Isco por lesão, mas entrou o Asensio, que fez o gol. Isco não estava bem desde o começo e por isso o tiramos, mas espero que sua lesão não seja grave".

Além de Isco e Asensio, o técnico francês também não poupou elogios a Lucas Vázquez, sua aposta para o jogo de ida da semifinal da Champions. “Fez uma grande partida, contendo a posição e sabendo marcar Ribéry. Ele fez um trabalho muito bom".

O Real Madrid jogará a partida da volta com uma grande vantagem. A equipe de Zinedine Zidane irá para o jogo podendo se classificar até com uma derrota por 1 a 0 no Santiago Bernabéu. O vencedor do confronto pegará o classificado do duelo entre Liverpool e Roma. O time inglês venceu o primeiro jogo por 5 a 2.

Esporte