PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com atuação de "melhor do mundo" de Salah, Liverpool goleia a Roma

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/04/2018 17h36

O Liverpool está próximo de retornar à final da Liga dos Campeões pela primeira vez em 11 anos. Em uma noite iluminada do egípcio Mohamed Salah, autor de dois gols e duas assistências, e com grande contribuição do brasileiro Roberto Firmino, o clube inglês derrotou a Roma pelo placar de 5 a 2, na noite desta terça-feira no Estádio de Anfield, e deu um importante passo para avançar à decisão da principal competição europeia.

Mesmo sofrendo dois gols após abrir 5 a 0, o Liverpool vai à capital italiana em situação completamente confortável. Para reverter novamente um confronto e, neste caso, avançar à final, a Roma precisa repetir a missão das quartas de final, quando bateu o Barcelona por 3 a 0, no Estádio Olímpico, e assegurou vaga para encarar o Liverpool nesta semifinal.

Ao Liverpool, que contou com gols de Salah (dois), Firmino (dois) e Mané, até mesmo uma derrota por 2 a 0 serve para a classificação. Os gols de Dzeko e Perrotti, entretanto, colocaram o mínimo de dúvidas em uma vaga praticamente assegurada com a goleada construída até 23min da segunda etapa. Os italianos ensaiaram uma pressão, mas não conseguiram diminuir ainda mais a desvantagem.

Antes de pensarem no jogo decisivo pela semifinal da Champions, marcado para a próxima quarta-feira, no Estádio Olímpico, em Roma, Liverpool e Roma se concentram nos campeonatos nacionais. Os ingleses encaram o Stoke, enquanto os italianos pegam o Chievo. Ambos os jogos ocorrem no sábado.

Quem foi bem: Mohamed Salah

Salah não comemora Liverpool - Rui Vieira/AFP - Rui Vieira/AFP
Imagem: Rui Vieira/AFP

Dois gols, duas assistências e uma saída de gala, cheia de aplausos de toda torcida em Anfield. Diante do ex-time, Mohamed Salah não teve pena com a bola nos pés. Mesmo sem comemorar os gols em respeito ao antigo clube, o egípcio foi o principal responsável por aproximar o time inglês da decisão da Liga dos Campeões.

Quem foi mal: Juan Jesus

O zagueiro brasileiro teve a ingrata missão de parar Mohamed Salah. Apesar de não cometer uma falha comprometedora, Juan Jesus perdeu individualmente praticamente todos os duelos contra o egípcio. No quarto gol, por exemplo, foi facilmente batido pelo camisa 11 do Liverpool, que deu a assistência para Roberto Firmino.

Quem para Mohamed Salah?

Difícil encontrar alguém no momento que jogue mais bola do que Mohamed Salah. O egípcio do Liverpool, já candidato a grande estrela na temporada europeia, ratificou a excelente fase no primeiro duelo pela semifinal da Champions League. Com um golaço aos 36, o camisa 11 abriu o placar. Nos acréscimos do primeiro tempo, mostrou oportunismo para ampliar. Já aos 9min da etapa final, assistência para Mané fazer o 3 a 0. Aos 16, novo passe para Firmino transformar o jogo em goleada.

Números de melhor do mundo

Mohamed Salah tem números dignos de quem vai receber no fim do ano o prêmio de melhor jogador do mundo. Com os dois gols anotados contra a Roma, o egípcio chegou aos 10 na Liga dos Campeões e ocupa a vice-artilharia do torneio. Na temporada toda são 43 bolas nas redes.

“Um 10 que é atacante”...

Firmino Salah Liverpool - Dave Thompson/AP - Dave Thompson/AP
Imagem: Dave Thompson/AP

Jurgen Klopp nunca escondeu a admiração por Roberto Firmino. Pelas características de jogo, o alemão classifica o brasileiro como um “camisa 10 que é atacante”. Diante da Roma, o atacante mais uma vez se apresentou como garçom. Além de iniciar um contra-ataque perigoso perdido por Mané, o camisa 9 foi quem descolou a assistência para Mohamed Salah anotar o segundo do Liverpool aos 45min da primeira etapa.

...Mas que também é um 9

O passe para Salah e toda a movimentação ofensiva já tornavam Roberto Firmino um dos destaques da partida. Entretanto, o 9 do Liverpool comprovou que é um 9 de primeira excelência. Em um espaço de apenas oito minutos, o centroavante anotou os dois gols que transformaram a vitória em goleada e aproximaram o time inglês da decisão da Champions. Aos 16, mostrou oportunismo ao aproveitar cruzamento de Salah. Depois, subiu mais alto que a zaga da Roma para anotar de cabeça o quinto dos mandantes. São dez gols e seis assistências na atual edição do torneio europeu.

Tudo sob o olhar de Tite

A atuação de Roberto Firmino deve ter impressionado o técnico Tite. O comandante da seleção brasileira esteve presente em Anfield nesta terça-feira ao lado do coordenador de seleções Edu Gaspar. Atualmente, o centroavante do Liverpool é apenas reserva de Gabriel Jesus, do Manchester City. 

Mesmo filme, Roma?

Dzeko Roma - FILIPPO MONTEFORTE/AFP - FILIPPO MONTEFORTE/AFP
Imagem: FILIPPO MONTEFORTE/AFP

A Roma evitou um desastre maior ao anotar dois gols (Dzeko e Perrotti) em Anfield. Para superar a decepção deste primeiro jogo e conseguir a reviravolta, a equipe tem um exemplo recente: o próprio desempenho na Liga dos Campeões. Na fase quartas de final, o clube perdeu por 4 a 1 para o Barcelona na Catalunha. Assim como na próxima semana, a reviravolta vai ocorrer com um triunfo por 3 a 0 diante dos torcedores no Estádio Olímpico. 

Cadê a bandeira, bandeirinha?

Bandeirinha Roma Liverpool - CARL RECINE/REUTERS - CARL RECINE/REUTERS
Imagem: CARL RECINE/REUTERS

Mal começou a partida, e o trio de arbitragem sofreu com uma situação inusitada. A bandeira do auxiliar Stephan Lupp quebrou por duas vezes, e o profissional precisou marcar um impedimento apenas com o cabo do instrumento. Somente após o quarto arbitro consertar o objeto, o bandeirinha pôde retomar o trabalho com normalidade. A cena rapidamente “bombou” na internet.

Totti triste

Lenda da Roma, Totti viajou até Liverpool para prestigiar o time no qual se tornou um dos maiores ídolos da história. Porém, a viagem terminou com gosto amargo. As câmeras da transmissão oficial da partida procuraram o ex-camisa 10 a cada gol dos ingleses, e a expressão do antigo meia-atacante era de profunda tristeza, de quem sabe que a vaga na final ficou completamente distante após este primeiro jogo.

Sem violência

O torcedor do Liverpool abusou na fase quartas de final ao recepcionar de forma hostil o ônibus do Manchester City. Objetos como pedras e latas de cerveja foram arremessados antes da partida. Desta vez, apesar de uma festa parecida, não houve qualquer relato de violência contra o transporte da Roma. A festa bonita pré-jogo só contou com um confronto de torcidas, segundo o jornal Daily Mail.

FICHA TÉCNICA
LIVERPOOL 5 x 2 ROMA

Competição: Semifinal da Liga dos Campeões da Europa (ida)
Local: Estádio de Anfield, em Liverpool (Inglaterra)
Data: 24 de abril de 2018 (terça-feira)
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (Alemanha)
Assistentes: Mark Borsch e Stefan Lupp (ambos da Alemanha)
Cartões Amarelos: Lovren e Henderson (Liverpool); Juan Jesus e Henderson (Roma)

Gols:
LIVERPOOL: Mohamed Salah, aos 36min e aos 45min do 1º tempo; Sadio Mané, aos 9min do 2º tempo; e Roberto Firmino, aos 16min e aos 23min do 2º tempo
ROMA: Dzeko, aos 35min do 2º tempo; e Diego Perotti, aos 40min do 2º tempo

LIVERPOOL: Karius; Alexander-Arnold, Lovren, Van Dijk e Robertson; Milner, Henderson e Oxlade-Chamberlain (Wijnaldum); Salah (Ings), Roberto Firmino (Klavan) e Mané.
Técnico: Jurgen Klopp.

ROMA: Alisson; Fazio, Manolas e Juan Jesus (Perotti); Florenzi, De Rossi (Gonalons), Nainggolan, Strootman e Kolarov; Under (Schick) e Dzeko.
Técnico: Eusebio Di Francesco.

Esporte