PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com um a mais, Bayern goleia 'brasileiro' Besiktas e fica perto das quartas

Thomas Muller comemora gol do Bayern no Allianz Arena - Sven Hoppe/dpa via AP
Thomas Muller comemora gol do Bayern no Allianz Arena Imagem: Sven Hoppe/dpa via AP

Do UOL, em São Paulo

20/02/2018 18h36

O Bayern de Munique aproveitou o favoritismo e a vantagem numérica de jogadores em campo para sair em vantagem nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Nesta terça-feira (20), a equipe alemã venceu o Besiktas por 5 a 0, com gols de Thomas Muller (dois), Coman e Lewandowski (dois), na Allianz Arena.

Os turcos, que voltaram a disputar os mata-matas do torneio europeu depois de 31 anos, atuaram com dez atletas desde os 15 minutos do primeiro tempo, após a expulsão do zagueiro Vida. 

O resultado deixou o Bayern em situação mais do que confortável para a partida de volta, dia 14 de março, na Arena Besiktas, podendo perder por até quatro gols de diferença para alcançar as quartas de final do torneio europeu. 

Os alemães também ampliaram a supremacia sobre os adversários atuando em casa. São 20 vitórias nas últimas 21 partidas disputadas na Allianz Arena.

O pior marcou um dos melhores

coman - Matthias Balk/dpa via AP - Matthias Balk/dpa via AP
Imagem: Matthias Balk/dpa via AP

Autor do segundo gol e criador da jogada que originou o primeiro tento de Muller, o meia francês Coman foi um dos destaques do Bayern na partida, equilibrando habilidade e efetividade ofensiva. No primeiro tempo, com o placar ainda zerado, ele exigiu de Fabri uma bela intervenção em chute colocado de fora da área, aos oito minutos. Atuando pelo lado direito da defesa do Besiktas, Coman não deu sossego para o lateral brasileiro Adriano, que perdeu quase todas as disputas na defesa, sendo o pior em campo.

Com muito amor contra os favoritos

vagner love - Sven Hoppe/dpa via AP - Sven Hoppe/dpa via AP
Imagem: Sven Hoppe/dpa via AP

Três brasileiros integraram a escalação inicial do Besiktas nesta terça: o lateral Adriano, o meia Anderson Talisca e o atacante Vagner Love  - não entra na conta o zagueiro Pepe, naturalizado português. E foi o centroavante, ex-Corinthians, Flamengo e Palmeiras, que deu mais preocupação ao Bayern no primeiro tempo. Além de uma chance de gol clara, Love levou a melhor no duelo com Boateng, zagueiro da seleção alemã, e deu um belo drible em Kimmich, no fim do primeiro tempo. Pouco acionado, já que os turcos se fecharam na defesa, o atacante foi substituído aos 11 minutos da etapa final.

Apenas 15 minutos com 11 em campo...

expulsão besiktas - REUTERS/Ralph Orlowski - REUTERS/Ralph Orlowski
Imagem: REUTERS/Ralph Orlowski

Além de lidar com o favoritismo do adversário, o Besiktas ainda precisou se virar no Allianz Arena com dez jogadores a partir dos 15 minutos do primeiro tempo, quando o zagueiro croata Vida foi expulso ao fazer falta por trás em Lewandowski. O atacante do Bayern aproveitou um erro de passe de Hutchinson na defesa e partia de frente para o gol quando foi derrubado perto da entrada da área. Na sequência, James Rodríguez chutou a cobrança de falta para fora.

...e quase saiu o gol turco

Ironicamente, o Besiktas quase marcou em Munique na jogada seguinte ao cartão vermelho. Kimmich se equivoca no recuo à defesa, Vagner Love recupera a bola, dribla Boateng, mas se desequilibra na hora de finalizar e, de bico, manda por cima do gol de Ulreich.

Artilheiro dos mata-matas

gol muller - REUTERS/Michaela Rehle - REUTERS/Michaela Rehle
Imagem: REUTERS/Michaela Rehle

Depois de tanto pressionar o visitante, o Bayern abriu o placar aos 42 minutos. Pela esquerda, Coman deixou Adriano para trás e cruzou rasteiro. A bola sobrou para Thomas Muller, que deu um sutil toque na bola, o suficiente para passar por baixo do goleiro Fabri. Ele ainda marcou o terceiro dos alemães, na etapa final, escorando cruzamento de Kimmich pela direita, e deu o passe para o quinto tento, do atacante Lewandowski.

O meia-atacante alemão chegou ao 12º gol marcado em oitavas de final da Liga dos Campeões. Apenas Messi (22) e Cristiano Ronaldo (19) anotaram mais tentos na mesma fase do torneio. Muller também é o maior artilheiro do Bayern em torneios europeus, com 42.

Um gol por jogo

Autor do quarto e do quinto gols do Bayern na partida, Lewandowski atingiu a marca de 16 gols marcados nas últimas 16 partidas em que esteve em campo pela Liga dos Campeões. Ele chegou a cinco tentos na edição deste ano.

FICHA TÉCNICA:
BAYERN DE MUNIQUE 5 X 0 BESIKTAS

Local: Allianz Arena, em Munique (Alemanha)
Data/Hora: 20 de fevereiro de 2018, às 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Ovidiu  Ha?egan (Romênia)
Assistentes: Octavian  Sovre e Sebastian  Gheorghe (ambos da Romênia)
Cartões amarelos: Lewandowski (Bayern); Quaresma, Pepe (Besiktas)
Cartões vermelhos: Vida (Besiktas)

GOLS: Thomas Muller, aos 42 minutos do primeiro tempo; Coman, aos 7 do segundo tempo; Thomas Muller, aos 20 do segundo tempo; Lewandowski, aos 33 e aos 41 do segundo tempo.

BAYERN DE MUNIQUE: Ulreich; Kimmich, Boateng, Hummels  e Alaba; Javi  Martínez, Vidal (Tolisso), James Rodríguez (Robben), Coman (Ribery) e Thomas Muller; Lewandowski. Técnico: Jupp Heynckes.

BESIKTAS: Fabri; Adriano, Pepe, Vida e Erkin (Gonul); Hutchinson, Medel (Arslan)  e Anderson Talisca; Quaresma, Babel e Vagner  Love (Tosic). Técnico: Senol  Gunes.

Esporte