PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com Messi só no segundo tempo, Barça empata com Juventus e avança em 1º

Messi começou na reserva e só entrou em campo aos 11 minutos do segundo tempo - Alessandro Bianchi/Reuters
Messi começou na reserva e só entrou em campo aos 11 minutos do segundo tempo Imagem: Alessandro Bianchi/Reuters

Do UOL, em São Paulo

22/11/2017 19h36

O Barcelona assegurou passagem para as oitavas de final da Liga dos Campeões como primeiro colocado de seu grupo nesta quarta-feira (22) após um empate por 0 a 0 com a Juventus, em Turim. O time espanhol teve Lionel Messi em campo apenas no segundo tempo, com o argentino, de acordo com o clube, poupado pelo técnico Ernesto Valverde.

O resultado levou o Barça aos 11 pontos, na liderança do grupo D. A equipe não pode mais ser alcançada pela Juve, que tem oito pontos, mas perde no confronto direto, primeiro critério de desempate. Já os italianos mantiveram a segunda colocação, mas apenas um ponto à frente do Sporting, que também nesta quarta venceu o lanterna Olympiacos por 3 a 1 – o time grego tem um ponto e está eliminado.

Na última rodada, o Barcelona receberá o Sporting no Camp Nou, enquanto a Juventus visitará o Olympiacos na Grécia.

Messi no banco? É isso mesmo

Messi banco - Massimo Pinca/Reuters - Massimo Pinca/Reuters
Imagem: Massimo Pinca/Reuters

Valverde surpreendeu a todos ao escalar o Barcelona sem o astro argentino para um jogo tão complicado. Segundo a diretoria do time catalão, a decisão foi tomada para dar o "maior descanso possível" a Messi e não tem relação com a indefinição sobre sua renovação de contrato – o vínculo atual termina no meio de 2018. Sem seu camisa 10, o Barça teve pouca inspiração na primeira etapa para furar a marcação da Juventus e praticamente não criou oportunidades de gol. No começo do segundo tempo, o craque entrou no lugar de Deulofeu.

Paulinho vai mal na posição de Messi

Paulinho - Antonio Calanni/AP - Antonio Calanni/AP
Imagem: Antonio Calanni/AP

O espaço que Messi tem ocupado em partidas recentes do Barça, atrás do centroavante Suárez, foi ocupado por ninguém menos que Paulinho. Acostumado a jogar mais recuado, como volante, o brasileiro foi usado por Valverde como um meia ofensivo, com a missão de entrar na área e finalizar. Porém, participando pouco da construção de jogadas, Paulinho fez um jogo apagado até a entrada de Messi. Na melhor chance, recebeu uma bola na entrada da área e bateu de primeira para fora.

Juve defende bem e assusta com Dybala

Dybala - Marco Bertorello/AFP - Marco Bertorello/AFP
Imagem: Marco Bertorello/AFP

A organização defensiva da Juventus foi bastante eficiente para frear as tentativas do Barça de criar algum perigo no ataque. O time italiano marcou com duas linhas de quatro e, quando recuperou a bola, atacou em um 3-5-2, com Cuadrado e Alex Sandro bem abertos nas alas e Douglas Costa por dentro, se aproximando de Higuaín e Dybala na frente. Este último, aliás, teve a melhor oportunidade ao carregar em jogada individual e bater sem ângulo para fora, assustando o time espanhol. Já nos acréscimos do segundo tempo, Dybala finalizou de primeira de fora da área e parou em grande defesa de Ter Stegen.

Suárez aparece pouco, mas quase marca de falta

Suárez - Antonio Calanni/AP - Antonio Calanni/AP
Imagem: Antonio Calanni/AP

Vivendo um momento irregular na temporada, Luis Suárez voltou a ter atuação bem abaixo de seus padrões. Solitário sem Lionel Messi no primeiro tempo, ele chegou perto de marcar em uma cobrança de falta que passou raspando a trave de Buffon. Já na segunda etapa, o uruguaio buscou mais jogo, mas sofreu com a marcação forte dos italianos. Dos últimos sete jogos do Barça, Suárez passou em branco em seis.

Lembrança amarga para o Barça

Messi não começava um jogo no banco de reservas na Liga dos Campeões desde 2013, quando, lesionado, ficou de fora da derrota por 3 a 0 para o Bayern de Munique pela semifinal, no Camp Nou. No jogo de ida, o time alemão já havia vencido por 4 a 0.

FICHA TÉCNICA

Juventus 0 x 0 Barcelona

Local: Juventus Arena, em Turim (Itália)
Data: 22/11/2017
Horário: 17h45 (de Brasília)
Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia)

Cartões amarelos: Alex Sandro e Pjanic (Juventus); Paulinho e Digne (Barcelona)

Juventus: Buffon; Barzagli, Benatia, Rugani e Alex Sandro; Cuadrado (Marchisio), Khedira, Pjanic (Bentancur) e Douglas Costa (Matuidi); Dybala e Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri

Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Umtiti e Digne; Busquets e Rakitic; Deulofeu (Messi), Paulinho e Iniesta (Jordi Alba); Suárez. Técnico: Ernesto Valverde

Esporte