PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Não só no Brasil: Sergio Ramos admite mão na bola e Real escapa de pênalti

Jogadores do Borussia Dortmund pedem pênalti após toque de mão de Ramos - Bjorn Kuipers/Reuters
Jogadores do Borussia Dortmund pedem pênalti após toque de mão de Ramos Imagem: Bjorn Kuipers/Reuters

Do UOL, em São Paulo

26/09/2017 16h50

Após uma semana de polêmica no futebol brasileiro por causa de um toque de mão não marcado - gol irregular de Jô, em vitória do Corinthians sobre o Vasco por 1 a 0 -, a Liga dos Campeões vive a mesma situação. Nesta terça-feira (26), o zagueiro Sergio Ramos meteu a mão na bola dentro da área e admitiu o toque após a partida, mas o Real Madrid escapou de ter um pênalti marcado contra si na partida contra o Borussia Dortmund. Os espanhóis venceram o jogo por 3 a 1.

"Foi muito rápido. Sim, é verdade que a bola tocou na minha mão, mas foi totalmente involuntário, não houve qualquer intenção", afirmou o defensor após a vitória. "Não gosto de falar sobre os árbitros, mas é verdade que na Liga dos Campeões eles deixam jogar um pouco mais, gosto disso", avaliou Sergio Ramos.

O lance aconteceu ainda no primeiro tempo. Após rápido contra-ataque do Dortmund, Maximilian Philipp cruzou da esquerda e Ramos, quase embaixo da trave, furou ao tentar afastar a bola e a acertou em cheio com a mão. Os jogadores da equipe alemã ficaram pedindo pênalti, mas o árbitro mandou o lance seguir.

Sergio Ramos toca com a mão na bola dentro da área - Reprodução/Esporte Interativo - Reprodução/Esporte Interativo
Sergio Ramos toca com a mão na bola dentro da área
Imagem: Reprodução/Esporte Interativo

Na última segunda (25), o empate por 1 a 1 entre Sport e Vasco no Brasileirão também teve polêmica relacionada a um toque de mão dentro da área. O árbitro Sandro Meira Ricci marcou pênalti a favor dos pernambucanos após julgar que o cruzmaltino Anderson Martins havia interceptado um chute com o braço, mas voltou atrás após conversar por alguns minutos com seus auxiliares.

Jogo do City também tem polêmica

Na partida entre Manchester City e Shakhtar Donetsk, a arbitragem também protagonizou um lance capital. Sané invadiu a área e caiu após chegada do zagueiro Ordets, e o juiz marcou um pênalti pra lá de duvidoso. Agüero foi para a cobrança, mas parou em defesa do goleiro Pyatov. A partida terminou com vitória dos ingleses por 2 a 0.

Esporte