PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcedor do River é esfaqueado e morre após festa de título da Libertadores

Exequiel tinha 21 anos de idade e era torcedor do River Plate - Reprodução/Clarín
Exequiel tinha 21 anos de idade e era torcedor do River Plate Imagem: Reprodução/Clarín

Do UOL, em São Paulo

13/12/2018 10h10

O torcedor do River Plate Exequiel Aaron Neris morreu na última segunda-feira (10) após levar uma facada enquanto voltava para casa no domingo (9), após a festa do título da Libertadores da América. De acordo com informações do jornal "Clarín", o jovem tinha 21 anos e teria sofrido uma emboscada por torcedores do Boca Juniors.

Exequiel usava a camisa do River quando retornava para a sua residência após celebrar a conquista da Libertadores. Logo após o crime, a polícia de Misiones prendeu dois suspeitos: um de 18 anos de idade e outro de 26. A facada atingiu a artéria femoral localizada na perna esquerda do torcedor.

Leia também: 

As autoridades encontraram a faca utilizada no ataque em um lixo próximo ao local onde Exequiel sofreu o golpe. Além disso, roupas com manchas de sangue localizadas com os suspeitos foram apreendidas.

Agora, a polícia ainda investiga se a motivação do crime foi realmente a rivalidade entre torcidas. Mãe de Exequiel, Lúcia declarou que o filho chegou a dizer que foram torcedores do Boca Juniors que o esfaquearam: "Eles me atacaram por eu celebrar o jogo, por ser fã do River".

Ainda segundo o jornal "Clarín", vizinhos relataram que Exequiel chegou a correr 100 metros até que caiu perto da casa de um amigo e pediu para avisar o irmão. O jovem foi, então, transferido ao hospital, mas não resistiu e morreu na segunda-feira (10).

Futebol