PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio aposta em indicados de Renato para ter 'malandragem' de volta

Cícero, Cristian e Jael foram inscritos pelo Grêmio para reta final da Copa Libertadores - Arte/UOL
Cícero, Cristian e Jael foram inscritos pelo Grêmio para reta final da Copa Libertadores Imagem: Arte/UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

25/10/2017 12h00

A inscrição de Cristian, Cícero e Jael manda uma mensagem. O Grêmio botou experiência na mesa. Às vésperas da semifinal contra o Barcelona-EQU, o Tricolor inscreveu três jogadores acima dos 30 anos para ganhar em um aspecto do jogo que perdeu ao longo do ano: catimba e malandragem. Justamente aquele elemento que era aportado por Maicon e Douglas em 2016 e que se fez presente na conquista do quinto título da Copa do Brasil.

O trio, indicado por Renato Gaúcho, não afetará o time titular, mas deve ficar no banco em Guayaquil como opção direta para o decorrer do primeiro jogo que vale vaga na final.

Cristian, voltando de lesão na coxa, é quem reúne menos chances de jogar. À frente dele está Jailson, de atuação elogiada nos testes recentes entre os titulares. Já Cícero será um coringa no meio-campo e pode fazer a estreia pelo Tricolor no Equador. Jael, por outro lado, será o substituto de Lucas Barrios em caso de necessidade.

"O Jael é uma opção em função de característica. Por característica de jogo pesou e o Jael foi o escolhido. Na posição dos meninos, que tem muito potencial e vão jogar em alto nível, temos outros jogadores. Por experiência, colocar um menino em um jogo decisivo de Libertadores, que pode se tornar uma guerra, é um risco", disse Odorico Roman, vice de futebol do Grêmio.

Na temporada passada, o Grêmio contou com a experiência em mais de um jogo decisivo. Edilson, titular na equipe atual, é um dos líderes desse grupo seleto no elenco, mas outros nomes relevantes na função estão fora. Maicon fez cirurgia no tornozelo e precisou delegar a faixa de capitão a terceiros. Douglas operou de novo o joelho esquerdo e também só volta na próxima temporada. Restaram poucos 'cascudos' no time e no banco.

"Libertadores é (decidida com) muita malandragem. É muita história. (Cícero e Cristian) São jogadores que jogaram em times grandes, estão acostumados a decidir Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil. São jogadores, que além do talento, têm bagagem para ajudar bastante. Principalmente o que acontece dentro do campo. É a malandragem. Eles têm bastante bagagem e vão nos ajudar bastante. O garoto pesa bastante na Libertadores. Vão acrescentar bastante nesse sentido. Você deixa de ganhar partida pela malandragem. Principalmente em uma Libertadores", comentou Renato Portaluppi no dia que Cícero chegou para assinar com o Grêmio por três meses.

Barcelona e Grêmio começam a se enfrentar nesta quarta-feira (25), às 21h45 (Brasília), em Guayaquil. A segunda partida será em 1º de novembro, em Porto Alegre. O vencedor do duelo pega o ganhador do confronto River Plate e Lanús na final da Libertadores.
 

Futebol