PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2019

Algoz de Corinthians com Tolima, técnico do Millonarios ignora vantagens de Pacaembu vazio

Hernan Torres, técnico do Millonarios, dirigiu o Tolima na Libertadores em 2011 - AFP PHOTO / Jefferson BERNARDES
Hernan Torres, técnico do Millonarios, dirigiu o Tolima na Libertadores em 2011 Imagem: AFP PHOTO / Jefferson BERNARDES

João Henrique Marques

Do UOL, em São Paulo

26/02/2013 15h20

O treinador do Millonarios-COL, Hernan Torres, foi o responsável por comandar o Tolima em 2011 na eliminação do Corinthians na pré-Libertadores. Dois anos depois, Torres volta a encarar o clube brasileiro no torneio, e desta vez em circunstâncias diferentes, sem a presença da torcida no Pacaembu. O fato é ignorado pelo treinador.

“A torcida do Corinthians tanto pode pressionar, como ajudar bastante a equipe local. É claro que seria uma vantagem deles, mas nós não nos importamos com isso. Minha equipe está preocupado em jogar seu futebol tendo ou não pessoas no estádio”, avisou o Torres.

O Millonarios treinou na segunda-feira no CT do Palmeiras. Na manhã desta terça, o campo de treinamento do São Paulo foi o utilizado para a preparação do duelo contra o Corinthians, quarta-feira, às 22h, no Pacaembu.

“Temos que nos preocupar só com o nosso jogo. Temos que estar bem para conseguirmos um resultado positivo, e nos recuperarmos da nossa estreia ruim em casa (derrota de 1 a 0 para o Tijuana-MEX)”, destacou Torres.

A lembrança dos duelos contra o Corinthians como treinador do Tolima também são ignoradas pelo agora comandante do Millonarios.

“Já não é o mesmo Corinthians. Hoje é time é campeão do mundo, uma história nova. Os jogadores são diferentes, estamos em outra época”, comentou.

“Já é passado. Quarta-feira será uma história nova, e agora sou do Millonarios. Não vamos viver de lembranças, somente do presente”, endossou.